Região é cada vez mais cobiçada para moradia | A TARDE
Atarde > portal municípios > Home

Região é cada vez mais cobiçada para moradia

Tradicionalmente um destino de férias, o Litoral Norte teve um acréscimo populacional acentuado

Publicado quinta-feira, 30 de novembro de 2023 às 07:10 h | Autor: Miriam Hermes
Tradicionalmente um destino de férias, o Litoral  Norte teve um acréscimo populacional acentuado
Tradicionalmente um destino de férias, o Litoral Norte teve um acréscimo populacional acentuado -

Morar na Costa dos Coqueiros é um sonho de consumo para grande parte dos baianos, bem como pessoas de outros estados e países. A região é um destino muito procurado para férias, com oferta de opções para diferentes padrões de imóvel próprio ou alugado, impulsionando o setor imobiliário.

A Bahia teve o segundo maior crescimento no número dos domicílios de uso ocasional entre 2010 e 2022 segundo o Censo/IBGE. Com 344 mil novas unidades, o aumento no período foi de 103,8% somando 675 mil segundas residências como são mais conhecidas.

No mesmo período o Litoral Norte registrou um acréscimo populacional acentuado nos municípios mais próximos da capital. Um exemplo é Lauro de Freitas, que passou de 163.449 para 203.334 habitantes. No mesmo período Camaçari passou de 242.970 para 299.579 habitantes.

A vizinhança com a capital, infraestrutura de acesso e estrutura crescente de comércio, serviços e lazer são atrativos que se somam às belezas naturais, transformando grande parte das casas que eram segunda residência, em moradia principal.

Neste contexto o Parque Shopping Bahia foi inaugurado em março de 2020 e atende mais que moradores de Lauro de Freitas. “É parada obrigatória para todos que vão para o Litoral Norte”, de acordo com Lulie Najar, superintendente do local, que possui mais de 190 operações de moda, serviços, tecnologia, saúde e bem-estar, dentre elas 8 lojas âncoras.

“Nosso objetivo é garantir que esse crescimento se reflita no oferecimento do que há de melhor para a população de Lauro de Freitas, de Salvador e região metropolitana, atraindo cada vez mais investimentos e novidades", afirmou Najar.

Faz parte do complexo também um conjunto de espaços para gastronomia, entretenimento, esportes e lazer, consolidando a ‘cidade parque shopping’ como moderno complexo de compras e diversão da Bahia. Uma novidade é a inauguração para breve do Total Atacado, com área de 12 mil m², deve gerar mais de 430 postos de trabalho diretos e indiretos.

“Bom para investir, perfeito para viver”, resumiu a empresária Priscila Sastre, profissional com mais de 15 anos no mercado Imobiliário no Litoral Norte, que testemunha o crescimento demográfico, imobiliário e do turismo na região impulsionado pela retomada econômica.

“A região conta hoje com uma melhor infraestrutura de serviços com a chegada de grandes redes de supermercado, instituições de ensino, fortalecimento do comércio local e a oferta de serviços médicos”, pontuou.

Outro empreendimento que retrata esse momento regional é o Guarajuba Center, em Camaçari, o mais novo complexo de saúde e empresarial que conta com crossfit, uma unidade da Drogasil, clínicas e escritórios de arquitetura, advocacia e fisioterapia.

“Os projetos contemplam várias comodidades e atendem aos anseios da atualidade, oferecendo casas clubes estilos resorts, apartamentos modernos com prainhas na área comum, designer consciente, além de apresentar uma crescente valorização”, asseverou.

Morador de Subaúna, distrito de Entre Rios, onde trabalha com empreendimento ligado ao turismo, Tiago Figueiredo também acompanha o movimento migratório.“Muitos passaram a trabalhar home office ou aposentaram e outros ainda estão construindo”, disse, afirmando que a procura impacta os preços dos imóveis, para comprar e alugar.

Imóveis reservados

Para o corretor de imóveis Juarez de Oliveira, com cerca de duas décadas de atuação no Litoral Norte, 2023 foi um ano bom para seus negócios e para o próximo verão já está com 80% dos imóveis que ele trabalha reservados.

“De agosto para cá a procura é crescente”, afirmou, acrescentando, no entanto, que a partir do final de outubro, o aumento do preço das passagens aéreas está impactando neste ritmo e pode afetar a ocupação em geral. “No ano passado chegamos a uma ocupação de 95%, com os valores cheios”, salientou.

Esse ano talvez não chegue naquele mesmo patamar pelo custo das passagens, especialmente influenciando no tamanho dos grupos de turistas. Ele revelou que grandes turmas alugavam espaços maiores e agora tem boa procura por lugares (com o mesmo padrão) de menor porte.

Sobre o crescimento da vertente do turismo imobiliário, com locação de casas e apartamentos no Litoral Norte através de plataformas como Airbnb e Booking, avaliou como positivo para a região.

“Porque antes esses contatos aconteciam apenas através dos corretores locais”, salientou, ressaltando que os portais específicos ampliam a visibilidade da Costa dos Coqueiros. O corretor imobiliário pontuou que conhece proprietários, que estão pagando as parcelas para quitar o imóvel, com o que arrecadam com esta modalidade de locação.

Publicações relacionadas