Ilhéus recebe primeira ponte estaiada da Bahia

Publicado quarta-feira, 01 de julho de 2020 às 13:41 h | Atualizado em 21/01/2021, 00:00 | Autor: Da Redação

Ilhéus, agora, é detentora da primeira ponte estaiada - tipo de estrutura suspensa por cabos, constituída de um ou mais mastros de onde partem os cabos de sustentação - da Bahia. Nesta quarta-feira (1º), o governador Rui Costa foi ao município e fez uma última vistoria antes da abertura oficial da Ponte Ilhéus-Pontal, que recebeu cerca de R$100 milhões em investimentos e possui 533 metros de extensão. O trânsito no local será liberado ainda nesta quarta. O nome oficial da estrutura, que será decidido pela Assembleia Legislativa da Bahia, poderá ser Ponte Jorge Amado, em homenagem ao escritor baiano que nasceu na região.

"Gostaria de registrar o reconhecimento pela dedicação dos trabalhadores nesta obra e também o trabalho realizado pelo então governador Jaques Wagner, que foi o responsável pelo início do projeto. Hoje, temos a satisfação de entregar a ponte concluída, um importante vetor de crescimento e que já figura como o novo cartão postal de Ihéus. A obra tem uma função muito importante não só para os moradores da cidade mas também para turistas que precisam ir para o litoral sul", destacou o governador.

Além dos 533 metros de extensão, a ponte conta com 25 metros de largura e abrange um sistema viário com 2,7 quilômetros e acessos ao centro e ao litoral sul, dotado de quatro pistas de rolamento para veículos, uma ciclofaixa e ainda faixa para pedestres. O equipamento, que está sobre o Rio Cachoeira, vai fomentar o turismo na região sul e também melhorar a mobilidade de aproximadamente 511 mil pessoas que moram nas cidades de Ilhéus, Itabuna, Una, Canavieiras, Buerarema, Itacaré e Uruçuca, de acordo com Rui Costa. A abertura da ponte ainda vai viabilizar que a produção da região possa ser escoada para diferentes modais, a exemplo do Porto de Malhada e o futuro Porto Sul.

A região contava com uma ponte antiga, construída nos anos 60, que será substituída por um equipamento arquitetônico que incorpora elementos de iluminação cênica e urbanismo, de acordo com a Secretaria Estadual de Infraestrutura (SEINFRA), que foi o órgão responsável pela execução da obra. Além das áreas verdes, a urbanização da antiga ponte inclui quadras esportivas e parques infantis.

A construção da primeira ponte estaiada da Bahia levou à necessidade de restaurar e duplicar um trecho da BA-001, em Ilhéus, até o entroncamento da BR-251. O objetivo da intervenção foi dar mais fluidez ao fluxo de motoristas na rodovia. Os serviços seguem em andamento na Orla Sul da cidade e contam com recursos da ordem de R$ 11 milhões.

Imagem ilustrativa da imagem Ilhéus recebe primeira ponte estaiada da Bahia
O nome oficial da estrutura, que será decidido pela Assembleia Legislativa da Bahia, poderá ser Ponte Jorge Amado, em homenagem ao escritor baiano Jorge Amado.

Publicações relacionadas