Economia do Mar é tema de mesa na Sala A TARDE | A TARDE
Atarde > sala a tarde

Economia do Mar é tema de mesa na Sala A TARDE

Secretária Mila Paes abriu meeting, que aconteceu nesta sexta-feira, 17

Publicado sexta-feira, 17 de maio de 2024 às 16:51 h | Autor: Cassio Moreira
Secretária abriu mesa de debates
Secretária abriu mesa de debates -

A Economia do Mar, voltada para a exploração de recursos do oceano, foi tema de uma mesa de debate na Sala A TARDE, no II Congresso Brasileiro de Direito e Sustentabilidade, no Wish Hotel da Bahia, nesta sexta-feira, 17. A secretária municipal de Desenvolvimento Econômico de Salvador, Mila Paes, abriu o evento. 

Mila destacou a importância da realização do congresso e pontuou que o evento é uma prova de que Salvador se tornou um grande centro de discussões de negócios e diferentes vertentes econômicas. Também estiveram presentes o ex-presidente do Ibama, Eduardo Bim; o gestor de marinas, Marco Antonio Costa; Leandro “Mané” Ferrari, criador do projeto “Marina Legal”; e o especialista em economia náutica, José Raimundo Zacarias.

"A gente ter eventos como esse acontecendo em Salvador, para mim, que sou secretária de Desenvolvimento Econômico há três anos e meio, uma secretaria que acaba de surgir e nascer, é de fato realmente uma honra e um prazer perceber que Salvador tem se colocado no cenário nacional como uma cidade, sim, onde se discute negócios, onde se tem oportunidades, onde se precisa pensar em novos segmentos, em novos setores. Então, é de fato muito prazeroso, é uma honra realmente estar fazendo parte desse momento e dessa história. A gente vai passar a tarde hoje aqui, ouvindo, trocando e discutindo pautas de uma atividade que é extremamente importante para o país e para o mundo, a gente está falando de atividade econômica, a economia do mar pela movimenta de três a seis trilhões de dólares por ano. Do mundo. A gente não está falando de uma atividade irrelevante", afirmou Mila, que ressaltou ainda o potencial da Baía de Todos-os-Santos e os desafio da pasta de Desenvolvimento Econômico.

"Salvador entende a relevância da Baía de Todos os Santos e por isso que a gente vem, desde o início da gestão do autor-perfeito Bruno Reis, trabalhando a atividade econômica do mar com ações, com entregas, com atitudes, mostrando que de fato a gente acredita muito na potência que é estar à margem da Baía de Todos-os-Santos e ter a Baía de Todos- os-Santos como um elemento natural de fomento para a nossa cidade. O que a gente precisa agora é de fato articular e fazer com que as coisas de fato aconteçam. É o verdadeiro mar de oportunidades, literalmente. Então, a gente nasce há três anos e meio atrás. Nesse caminho, fizemos várias entregas, tivemos muito trabalho, desde de arcabouço legislativo, importante para que a gente consiga criar as bases para o desenvolvimento, então recebemos  como missão na largada olhar a economia do hoje, mas construir as bases da economia do amanhã. Somos uma cidade com grandes desafios sociais, socioeconômicos, mas somos também uma cidade de grandes perspectivas, de grandes possibilidades de transformação e fomos criados como secretaria com a missão de olhar essa diversificação, possível diversificação da matriz econômica de Salvador e a economia do mar foi desde o início uma das dos olhares da secretaria para a qual a gente se prepara para fornecer as bases para o desenvolvimento", pontuou.

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS