Ex de Matthew Perry acusa médicos e pede nova investigação | A TARDE
Atarde > A TARDE + > CINEINSITE

Ex de Matthew Perry acusa médicos e pede nova investigação

Ela levantou preocupações sobre os cuidados médicos recebidos pelo ator antes de sua morte

Publicado terça-feira, 12 de março de 2024 às 15:07 h | Autor: Da Redação
Imagem ilustrativa da imagem Ex de Matthew Perry acusa médicos e pede nova investigação
-

Kayti Edwards, ex-namorada de Matthew Perry, pediu que a polícia reabrisse a investigação sobre a morte do ator.

Em entrevista ao The Mirror, ela levantou preocupações sobre os cuidados médicos recebidos pelo ator antes de sua morte, após a confirmação de que a cetamina foi um fator contribuinte em seu falecimento.

Perry foi encontrado sem vida em sua residência em Los Angeles em 28 de outubro, em posição de bruços na banheira de hidromassagem.

De acordo com o relatório divulgado pelo médico legista, Perry sucumbiu aos "efeitos agudos da cetamina" e à submersão, revelando que tinha níveis da substância em seu sistema semelhante aos de pacientes hospitalizados sob anestesia geral.

O ator estava passando por terapia de infusão de cetamina para tratar sua depressão e a última sessão ocorreu aproximadamente uma semana e meia antes de sua morte, o que excluiu a infusão como causa direta do óbito.

Kayti questionou a origem da droga no sistema de Perry, afirmando que não acreditava que ele a adquirisse ilegalmente, e solicitou mais esclarecimentos por parte dos profissionais de saúde responsáveis por seu tratamento.

“Tenho quase certeza de que, no cérebro de Matthew, infusões de cetamina no médico contariam como ainda estar sóbrio”, disse ela ao The Sun.

Edwards destacou a percepção de Perry sobre o uso de cetamina sob supervisão médica, contrastando-o com drogas de rua, enfatizando a necessidade de uma investigação minuciosa para esclarecer as circunstâncias da morte do ator.

Publicações relacionadas