Jojo Todynho se irrita e cobra atitude de Lula em tragédia no RS | A TARDE
Atarde > A TARDE + > Entretenimento

Jojo Todynho se irrita e cobra atitude de Lula em tragédia no RS

Jojo foi duramente criticada ao mostrar desconhecimento sobre a situação

Publicado quinta-feira, 09 de maio de 2024 às 20:52 h | Autor: *Da Redação | Portal Massa!
Jojo Todynho desabafa sobre tragédia no Rio Grande do Sul
Jojo Todynho desabafa sobre tragédia no Rio Grande do Sul -

Revoltada com a situação que o Rio Grande do Sul vive, por conta das fortes chuvas que atingiram o estado, Jojo Todynho utilizou as redes sociais, nesta quinta-feira (9), para cobrar ações de políticos, governantes e do presidente Lula (PT), em ajuda ao momento difícil que povo gaúcho enfrenta.

“Vim aqui como ser humano convocar as autoridades, presidente da República, políticos e governantes para botar a cara e a mão na massa pelo Rio Grande do Sul. O povo brasileiro já está mobilizado, mas cadê o poder público? Estão saqueando, abusando sexualmente de mulheres e crianças, a coisa está fora de controle. O povo brasileiro está dando uma lição de solidariedade, mas cadê o poder público?”, questionou.

Veja:

Mesmo com o Governo Federal enviando militares, policiais, bombeiros, médicos, alimentos, água, medicamentos, kits de limpeza, máquinas, barcos, helicópteros, aviões e caminhões, e também verbas ao Rio Grande do Sul, Jojo mostrou desconhecimento sobre a mobilização feita pelo presidente.

"As doações estão sendo transportadas por iniciativa privada! Cadê a segurança pra proteger e garantir a integridade física desse povo? Desculpem se falei algo errado, mas estou estarrecida com essa situação. Já era pra Força Nacional estar lá!", falou.

O desabafo equivocado da influenciadora gerou críticas a ela, por meio de internautas. “Deixa de onda, Jojo. Tá todo mundo se mobilizando, principalmente o poder público por ser justamente o poder que tem essa obrigação”, comentou uma internauta. “Jojo, o presidente e seus ministros não estão de braços cruzados. Procura se informar”, sugeriu uma segunda internauta.

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS