Caso Pix: Marcelo Castro e editor são demitidos da Record TV Itapoan | A TARDE
Atarde > Bahia > Salvador

Caso Pix: Marcelo Castro e editor são demitidos da Record TV Itapoan

Jornalistas foram citados nas investigações do 'escândalo do pix' da emissora

Publicado sexta-feira, 31 de março de 2023 às 11:29 h | Atualizado em 31/03/2023, 12:56 | Autor: Da Redação
Marcelo Castro pretende acionar judicialmente a emissora
Marcelo Castro pretende acionar judicialmente a emissora -

Citados nas investigações do 'escândalo do pix' na Record TV Itapoan, o repórter Marcelo Castro e o editor Jamerson Oliveira foram demitidos da emissora na manhã desta sexta-feira, 31. A informação foi apurada pelo Portal A TARDE, que confirmou ainda que Castro pretende acionar judicialmente a empresa. 

>>> 'Golpe do Pix': ex-cabo da PM buscava ajuda após despejo com o filho

Mais cedo, o Portal Massa! havia antecipado que Marcelo Castro e Daniela Mazzei haviam sido flagrados na TV Itapoan para uma reunião 'secreta' com Rafael Perantunes, diretor de jornalismo da Record TV nacional. No entanto, Mazzei, por ora, foi poupada do corte.

Ainda de acordo com uma fonte, o diretor está visitando a emissora baiana para acompanhar de perto os desdobramentos do suposto "golpe do Pix" e tomar decisões dentro da afiliada da Record Tv. 

Choro

Ao Portal Massa!, uma fonte afirmou que Marcelo Castro chorou bastante dentro do carro no estacionamento da emissora, após o desligamento. Apelidado nas redes sociais como "Juca", o repórter foi demitido no dia em que retornou de férias.

O Portal Massa! recebeu a foto do momento em que Marcelo Castro chegou na Record TV Itapoan. Confira:

Imagem ilustrativa da imagem Caso Pix: Marcelo Castro e editor são demitidos da Record TV Itapoan
  

Casos

A Delegacia de Repressão aos Crimes de Estelionato por Meio Eletrônico (DreofCiber), responsável pelas investigações do caso do 'escândalo do pix' apura a existência de pelo menos 15 casos relacionados a arrecadação de doações para pessoas em estado de vulnerabilidade social em campanhas divulgadas na emissora de televisão.

O Portal A TARDE ouviu uma das vítimas, o ex-cabo da Polícia Militar (PM) Antonio Paulo Hohenfeld. Ele disse que procurou a equipe da emissora para pedir ajuda após ser despejado do local onde morava com o filho deficiente, em novembro de 2022, e foi enganado.

O golpe foi descoberto pelo apresentador do Balanço Geral Bahia, José Eduardo, através do empresário do Talisca, que fez uma doação. "Na mesma hora ele me explicou e eu dizia: não é possível, não são essas pessoas. Fiquei três dias sem dormir, tentando acreditar que aquilo era um pesadelo, que era uma mentira", contou Zé durante participação ao BahiaCast.

Segundo a Polícia Civil, celulares de familiares de uma das vítimas do golpe foram recolhidos e serão periciados pelo Departamento de Polícia Técnica (DPT).

Na quinta-feira, 16, o depoimento das vítimas foi veiculado e uma pessoa declarou que sua esposa entrou em contato com o editor Jamerson Oliveira e o repórter Marcelo Castro para solicitar uma matéria com o objetivo de arrecadar R$ 365 mil para o tratamento do filho caçula, que estava doente e internado em um hospital de Salvador. Castro, então, teria sugerido um número de Pix desconhecido para a arrecadação, alegando que seria para " facilitar no controle das doações realizadas". 

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS