Confira valores dos produtos para o almoço da Semana Santa | A TARDE
Atarde > Bahia > Salvador

Confira valores dos produtos para o almoço da Semana Santa

Portal A TARDE foi até a Feira de São Joaquim para conferir os preços

Publicado segunda-feira, 25 de março de 2024 às 15:30 h | Autor: Leo Moreira
Comerciantes aproveitam a movimentação para faturar na semana santa
Comerciantes aproveitam a movimentação para faturar na semana santa -

Semana Santa teve início no último domingo, 24, e os preparativos para a ceia da próxima sexta-feira Santa, 29, estão a todo vapor. Na manhã desta segunda-feira, 25, o Portal A TARDE foi até a Feira de São Joaquim, que fica no bairro de Água de Meninos, em Salvador e é um dos preferidos dos soteropolitanos para fazer aquela boa e velha feirinha.

Na barraca de Marivaldo dos Santos, feirante de longa data, os produtos estão bem na média da feira popular. Segundo ele, um dos queridinhos dessa época é o quiabo. O item usado para fazer o caruru está custando R$ 15. Mas o feirante alerta para aproveitar logo, porque os valores vão subir. "Essa é uma faixa para a gente vender mesmo. Pode vir aqui amanhã que vai está mais caro". Conforme o vendedor, o produto deve subir para, pelo menos, R$ 20, mas vai depender da procura.

Outro item indispensável é o azeite de dendê. Em diferentes tamanhos, o produto custa R$ 5 e 12, os menores até o de 1L. Mas Romildo promete fazer aquele precinho. Em sua barraca, o produto de 500 ml, que, segundo ele custa R$ 7, ela está vendendo por R$ 5. Assim como o de 1L, que ele diz reduzir de 12 para 10 reais. "Aqui eu trouxe de Valença, região de Camamu. Quem chegar hoje aqui e procurar eu faço por esse preço". O litro do leite de coco também está por R$ 7, mas ele promete fazer por R$ 6.

Imagem ilustrativa da imagem Confira valores dos produtos para o almoço da Semana Santa

Em diversos tamanhos e tipos, os camarões também são bem procurados. Os valores variam de acordo com o tipo. Aquele menorzinho, usado muito em comida baiana, chamado de moura, varia entre R$ 26 e 24. Camarão defumado natural, o mais saboroso, segundo os especialistas, custa R$ 45, mesma média de preço do vermelho. Já o "graúdo" [grande] top, está custando R$ 50 reais.

Os pescados, por sua vez, estão em média custando R$ 20, a exemplo da corvina e atum, de R$ 20. O camarão fresco está na média entre R$ 25 e R$ 40. 

O valores estão bem próximos dos pesquisados pela reportagem no início do mês

Veja vídeo:

 

 

Publicações relacionadas