Conheça baianas que dominam os canteiros de obras; número tem crescido | A TARDE
Atarde > Bahia > Salvador

Conheça baianas que dominam os canteiros de obras; número tem crescido

Reportagem faz parte da série especial do Portal A TARDE que traz atuação de mulheres em vários setores

Publicado sábado, 16 de março de 2024 às 06:00 h | Autor: Da Redação
Telma tem 53 anos e trabalha como auxiliar de obras em um canteiro
Telma tem 53 anos e trabalha como auxiliar de obras em um canteiro -

Pontualmente, às 4h, Telma Barbosa acorda, faz o almoço e se arruma  o ônibus que passa às 6h e estar todos os dias no canteiro de obras em que trabalha às 7h.

Ela pinta, rejunta, prepara a massa, lixa parede e tudo que for necessário. Se não citássemos o nome dela, provavelmente você que está lendo iria pensar que estávamos falando de um homem. Porém, é uma mulher, que, além de ser mulher, tem 53 anos e ainda tem muita força para para viver e trabalhar, independente do que seja. 

Em entrevista ao Portal A TARDE, a auxiliar de obras conta como é trabalhar numa área majoritariamente dominada por homens, sobretudo em atividade que exigem força braçal. 

"Eu saio cedo, quando chego tomo banho, deito no sofá, dou uma cochilada e depois vou para cama dormir. Eu levanto 4 horas da manhã e depois vou para cozinha, faço o almoço. Na minha área, quando eu estou em canteiro de obras eu fico no rejunte, aí eu faço meus serviços de pintura, coloco piso. Além disso, no final de semana eu vou fazer meu serviço doméstico, pois tenho meus clientes e vou fazer meus serviços na casa deles para não ficar parada". conta Telma, que trabalha na área há 15 anos.


A profissional, que ainda é mãe de três filhos, diz que o gosto pela área foi herdado do pai, que era pedreiro. Apesar da rotina ser puxada, ela garante que a força vem dos sonhos que ainda deseja realizar. 

"Só eu sei o quanto eu batalhei e batalho até hoje, mas eu vou vencer. Já consegui uma parte e vou vencer outra parte, que é ter a minha casa. Enquanto Deus me der vida, eu vou me profissionalizar no que eu puder para conquistar meus objetivos". Para isso, a auxiliar de obras garante que vai se especializar ainda mais: "Vou aprender eletricidade e também o drywal [placas de gesso]. Pretendo faze rum curso. Sei que é difícil, principalmente para nós mulheres, mas é só ter coragem, ter força de vontade, porque se você tem força de vontade, você consegue chegar onde quiser".


Mulheres na Construção Cívil 

Telma faz parte do crescente número de mulheres na construção civil. Apesar da construção civil ser um setor dominado ainda por homens, pesquisar mostram que a presença feminina tem aumentado nos canteiros de obra pelo Brasil. Segundo o Ministério do Trabalho e Emprego, nos últimos anos houve um aumento de 50% no número de mulheres no setor. Atualmente no Brasil, mais de 200 mil mulheres ocupam esses espaços.

Na Bahia, o número de mulheres contratadas no setor foi maior do que o número de homens entre janeiro e maio de 2023, com percentual de 60% de efetivações femininas. Em 2018, por exemplo, O instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) registrou cerca de 110 mil mulheres com empregos formais na construção civil, um aumento de 120% em um período de 10 anos. Em 2020, esse número saltou para 216 mil mulheres no setor, segundo o Painel da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), do Ministério do Trabalho.

Tatiane Lionne também atua no setor há 23 anos. Hoje ela é engenheira de produção e lidera uma equipe com 18 mulheres. Ela celebra a presença feminina no setor em todas as funções. 

"Quando iniciei era coisa nova mulheres no canteiro. Encontrei bastante desafios muito grandes, onde eu tinha que lidar com o machismo persistente no canteiro como um todo. Mas claro que com o nosso conhecimento, com a nossa boa vontade e motivação, estou até hoje como líder de equipe e não baixei a cabeça. Hoje lidero uma equipe com muitas outras mulheres guerreiras e competentes, que provam todo dia que não somos sexo frágil", contou em entrevista ao Portal A TARDE

Série de reportagens

A matéria faz parte do projeto especial do Portal A TARDE "Mulheres em Ação". Toda semana ao longo do mês de março, publicaremos matérias que homenageiam as mulheres reforçando que ela podem estar em qualquer lugar. Na última sexta-feira, 8, trouxemos mulheres que são destaque em perfil de liderança

Publicações relacionadas