Iniciativa visa conscientização a partir da coleta de óleo de cozinha | A TARDE
Atarde > Bahia > Salvador

Iniciativa visa conscientização a partir da coleta de óleo de cozinha

Por meio de parceria material coletado é transormado em detergente ou biocombustível

Publicado sexta-feira, 22 de março de 2024 às 08:00 h | Autor: Marcela Magalhães*
A Biotank coleta cerca de 40 mil litros por mês e revende para empresas de detergente e usinas de biodiesel
A Biotank coleta cerca de 40 mil litros por mês e revende para empresas de detergente e usinas de biodiesel -

Em uma iniciativa voltada para preservar os ecossistemas aquáticos e promover a conscientização ambiental, a empresa Biotank está buscando diminuir o descarte indevido nos rios e mares. Em comemoração ao Dia Mundial da Água, a empresa fez parceria com o Parque Shopping Bahia, onde há um ponto de coleta de óleo de cozinha usado, que será reciclado e transformado em detergente ou biocombustível.

De acordo com a Associação Brasileira das Indústria de Óleos Vegetais (Abiove), o Brasil consome mais de 5 bilhões de litros de óleo ao ano e 1L em cada 4L consumidos é descartado de forma irregular. O óleo, quando descartado de forma irregular, forma uma película na superfície da água, prejudicando a vida marinha e comprometendo a qualidade dos ecossistemas aquáticos, impedindo a respiração das plantas e a absorção de nutrientes, além de fazer uma barreira contra a luz solar.

Em 2023, a unidade do Parque Shopping Bahia recebeu 250 litros de óleo de cozinha usado durante a campanha, informa a superintendente Lulie Najar. Os doadores que contribuírem com dois litros de óleo recebem como incentivo um detergente de 500ml.

Para descartar da forma correta, deve-se reservar o óleo após o uso, remover os resíduos com uma peneira e transferir para uma garrafa PET. Em seguida, é só levar ao ponto de coleta. No Parque Shopping Bahia os postos funcionam o ano inteiro, no horário de funcionamento do shopping, e estão no CAC (Central de Atendimento ao Cliente), no piso L1.

Marcel Denofrio, diretor da Biotank, destacou a falta de conscientização ambiental como um dos principais desafios. “Após coletar o óleo, aquecemos, depois é feito uma filtragem, em seguida separamos a água do óleo”. Mensalmente a Biotank coleta cerca de 40 mil litros e revende para empresas de detergente e bio usinas. Os resíduos sólidos são vendidos para empresas de criação de porcos.

*Sob a supervisão da editora Meire Oliveira

Publicações relacionadas