Prefeitura intensifica o combate à dengue | A TARDE
Atarde > Bahia > Salvador

Prefeitura intensifica o combate à dengue

Em Salvador ações de controle estiveram ontem no Trobogy; na Bahia, Conselho de Saúde prepara campanha

Publicado quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024 às 06:00 h | Autor: Madson Souza
Ao identificar o mosquito ou casos de dengue, equipe do bloqueio de transmissão espacial atua com larvicida
Ao identificar o mosquito ou casos de dengue, equipe do bloqueio de transmissão espacial atua com larvicida -

Diante da alta de casos de dengue no país e no estado, a Secretaria Municipal da Saúde de Salvador (SMS), através do Centro de Controle de Zoonoses (CZZ), tem visto aumentar a procura pelo serviço de verificação de possíveis focos do mosquito. O CZZ também segue com as visitas de rotina a domicílios – como a que aconteceu na manhã de ontem no bairro de Trobogy – para combater a doença e informar aos moradores dos cuidados necessários.

Segundo a subcoordenadora das ações e controle das arboviroses do CZZ, Lucrécia Lopes, 80% dos focos acontecem nas residências.

“Precisa dessa parceria com os moradores. A população vem solicitando nossa ação, quando identifica algum possível depósito, uma casa abandonada, uma piscina que não está sendo tratada. Cada dia a gente tem recebido um número maior de solicitações”, afirma.

Inspeções

Para as visitas às residências as equipes do CZZ são distribuídas entre os distritos sanitários e tem uma área definida, com um número de imóveis a serem inspecionados no momento. Os agentes do órgão visitam os domicílios e procuram se há focos de dengue ou de arboviroses, ou casos que precisam ser bloqueados, que exigem ações para cortar a transmissão.

Os ciclos de visita duram entre 40 e 50 dias. Durante este primeiro período de 2024, encerrado no dia 23/02, foram inspecionados 619.417 depósitos. Ao se deparar com um local que pode se tornar um depósito, o agente orienta o residente do que deve ser feito para evitar a proliferação do mosquito.

“Quando o agente encontra larvas em um depósito ele faz a coleta. Se não for possível descartar aquela água, ele faz o tratamento com larvicida e orienta o morador como evitar que aquele depósito volte a focar novamente”.

Nos locais em que há caso notificado, foco do mosquito e a presença do Aedes aegypti, o CVV age para cortar a transmissão por meio da aplicação do inseticida na área.

Casos de dengue

Apenas na Bahia, o número de casos prováveis de dengue é de 16.771 em 2024, conforme analisado até o dia 24 de fevereiro, de acordo com dados da Sesab. Este número representa um incremento de quase 100% em relação a 2023, quando, no mesmo período, foram notificados 8.408 casos prováveis.

Já em Salvador, os dados representam uma redução de 29,3% nos casos de dengue em comparação com o mesmo período do ano passado. Com relação aos números da vacina da dengue, os dados parciais indicam um total de 9.591 doses aplicadas até às 16h de ontem.

A Prefeitura vai lançar na manhã de hoje, a partir das 9h, a campanha Salvador Contra a Dengue.

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS