Traficante é alvo de 4ª fase da Operação Proteger no Pero Vaz | A TARDE
Atarde > Bahia > Salvador

Traficante é alvo de 4ª fase da Operação Proteger no Pero Vaz

Operação é desmembramento da ação iniciada no "Carandiru"

Publicado quarta-feira, 05 de junho de 2024 às 08:30 h | Atualizado em 05/06/2024, 09:10 | Autor: Da Redação
Até o momento uma pessoa foi presa e armamentos foram localizados
Até o momento uma pessoa foi presa e armamentos foram localizados -

A Polícia Civil realiza, na manhã desta quarta-feira, 5, operação na Avenida Peixe, no bairro do Pero Vaz, em Salvador, cumprindo mandados de prisão e de busca e apreensão. De acordo com informações preliminares, o alvo seria um traficante. Até o momento uma pessoa foi presa e armamentos foram localizados. Outras cinco pessoas foram conduzidas ao Denarc para averiguação".

De acordo com a PC, o homem preso é investigado por envolvimento no incêndio de seis carros na Rua Pero Vaz Velha, em março deste ano, foi preso.


Ainda segundo a Polícia Civil, Drogas, balanças, máquinas de cartão e embalagens para acondicionar entorpecentes foram apreendidas com o homem. "As medidas judiciais foram cumpridas em imóveis utilizados por suspeitos de promoverem ataques violentos naquele bairro, motivados pela disputa pelo tráfico. 

Conforme a SSP, 70 policiais civis participam da ação, que conta com o apoio da Coordenação de Operações e Recursos Especiais (Core). O flagranteado vai passar pelos exames de lesões de praxe, ficando à disposição da Justiça. O material apreendido será encaminhado à perícia. As diligências seguem na região, para localizar outros criminosos.

A ação é uma etapa da operação denominada Proteger e é executada por policiais do Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc) e da Coordenação de Operações e Recursos Especiais (Core).

Outra etapa

A operação teve a primeira etapa no dia 23 de maio, com objetivo desarticular uma organização criminosa responsável por crimes contra a vida e narcotráfico em Salvador. O alvo durante a ocorrência foi o Condomínio Santa Luzia, conhecido como "Carandiru", situado na Avenida Jequitaia, no bairro do Comércio.

A operação é integrada com o Ministério Público da Bahia (MPBA), por meio do Grupo de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais (Gaeco/Norte) e o Grupo Especial de Execução Penal (Gaep), e conta com o apoio da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap), da Polícia Militar da Bahia e da Polícia Civil de Pernambuco.

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS