Jerônimo repudia violência após morte de Marcelo Arruda

Ex-candidato petista a vice-prefeito de Foz do Iguaçu foi assassinado por militante bolsonarista

Publicado domingo, 10 de julho de 2022 às 13:45 h | Atualizado em 10/07/2022, 14:35 | Autor: Da Redação
Jerônimo se solidarizou com familiares e amigos do companheiro Marcelo Arruda, do PT de Foz do Iguaçu
Jerônimo se solidarizou com familiares e amigos do companheiro Marcelo Arruda, do PT de Foz do Iguaçu -

O pré-candidato a governador do Estado pelo PT, Jerônimo Rodrigues, usou o Twitter, na manhã deste domingo (10), para se manifestar sobre a morte do ex-candidato petista a vice-prefeito de Foz do Iguaçu nas eleições de 2020, Marcelo Arruda, que foi assassinado por um militante bolsonarista.

>>Petista é morto por bolsonarista enquanto comemorava aniversário

“Nosso repúdio à intolerância e à violência política! Minha solidariedade aos familiares e amigos do companheiro Marcelo Arruda, do PT de Foz do Iguaçu, assassinado na sua festa de aniversário por um militante bolsonarista. Um episódio gravíssimo e inaceitável!”, escreveu Jerônimo na rede social. 

Para o pré-candidato petista, que está em Jacobina, onde realiza a plenária do Programa de Governo Participativo (PGP), “a  política e as divergências devem ser tratadas com respeito às diferenças. O ódio e a intolerância estão virando cotidiano no nosso país, conduzido por este presidente que, infelizmente, ainda está no poder”.

No evento em Jacobina, também participam o governador Rui Costa e os pré-candidatos a senador, Otto Alencar (PSD), e a vice-governador, Geraldo Júnior (MDB), além de deputados estaduais e federais, prefeitos, vice-prefeitos, ex-prefeitos e vereadores de toda a região.

Publicações relacionadas