Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > BAHIA
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
24/05/2024 às 12:35 • Atualizada em 24/05/2024 às 12:56 - há XX semanas | Autor: Da Redação

PF fecha as portas de 17 empresas clandestinas de segurança na Bahia

No estado, empresas funcionavam em Salvador, RMS e outras cinco cidades

Empresas executavam segurança privada sem autorização da Polícia Federal
Empresas executavam segurança privada sem autorização da Polícia Federal -

A Polícia Federal deflagrou a Operação Segurança Legal VIII em todos os estados do Brasil, com exceção do Rio Grande do Sul, em razão das enchentes. Na ação, mais de 460 policiais federais realizaram fiscalização de combate a empresas clandestinas de segurança privada. A ação foi realizada na quinta-feira, 23.

Leia também:

>> Saiba quem eram os braços do PCC nas ruas de Salvador

>> PF apreende arma e R$ 133 mil em operação contra esquema de 'laranjas'

A operação ocorreu em 25 capitais, além do Distrito Federal, e nas 96 unidades descentralizadas da Polícia Federal no país e visa encerrar a atividade de empresas que executam segurança privada sem autorização da Polícia Federal. Cerca de 500 estabelecimentos, entre casas noturnas, comércios, condomínios e outros foram submetidos às ações fiscalizatórias.

Na Bahia, cerca de 25 policiais federais realizaram fiscalização de combate a empresas clandestinas de segurança privada. As ações de fiscalização foram iniciadas no início do mês de maio, culminando com a sua deflagração nesta quinta. A operação foi executada em Salvador e Região Metropolitana, Feira de Santana, Vitória da Conquista, Juazeiro, Porto Seguro, Barreiras e Ilhéus, sendo encerradas as atividades de 17 empresas que executavam segurança privada sem autorização da Polícia Federal, em comércios, condomínios, casas noturnas, entre outros.

Imagem ilustrativa da imagem PF fecha as portas de 17 empresas clandestinas de segurança na Bahia
| Foto: Divulgação | Polícia Federal

Desde 2017, a Polícia Federal vem realizando essa operação de âmbito nacional, coordenada pela Divisão de Controle e Fiscalização de Segurança Privada, em Brasília/DF, e deflagrada pelas Delegacias de Controle de Segurança Privada – DELESP nas capitais e pelas Unidades de Controle e Vistoria nas Delegacias Descentralizadas do interior.

A contratação desses serviços de segurança privada coloca em risco a integridade física de pessoas e o patrimônio dos contratantes, já que os “seguranças” clandestinos não se submetem ao controle da Polícia Federal quanto aos seus antecedentes criminais, formação, aptidão física e psicológica. Além disso, as empresas que atuam na clandestinidade não observam os requisitos mínimos de funcionamento previstos na legislação. No Brasil, somente empresas de segurança privada autorizadas pela PF podem prestar serviços e contratar vigilantes.

Empresas com atividades encerradas:

Salvador e RMS: 4

Feira de Santana: 2

Vitória da Conquista: 4

Juazeiro: 3

Porto Seguro: 2

Barreiras: 1

Ilhéus: 1

Total: 17

Assuntos relacionados

Bahia LEGALIDADE Operação policial polícia federal Segurança

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Tags:

Bahia LEGALIDADE Operação policial polícia federal Segurança

Repórter cidadão

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Assuntos relacionados

Bahia LEGALIDADE Operação policial polícia federal Segurança

Publicações Relacionadas

A tarde play
Empresas executavam segurança privada sem autorização da Polícia Federal
Play

Funcionárias de farmácia imobilizam homem suspeito de furto; VÍDEO

Empresas executavam segurança privada sem autorização da Polícia Federal
Play

Vídeos revelam detalhes sobre assassinato de idosa na Bahia: veja

Empresas executavam segurança privada sem autorização da Polícia Federal
Play

VÍDEO: Caminhão tomba e população rouba carga de frango na Bahia

Empresas executavam segurança privada sem autorização da Polícia Federal
Play

Líderes de facções em presídios no RJ viram alvos de operação da PCBA

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA