Procon fiscaliza preços de imunizantes dos laboratórios particulares | A TARDE
Atarde > Bahia

Procon fiscaliza preços de imunizantes dos laboratórios particulares

Operação visa coibir práticas abusivas e preços excessivos

Publicado terça-feira, 02 de abril de 2024 às 17:59 h | Autor: Da Redação
Bahia é o primeiro estado do Nordeste em número de casos da doença
Bahia é o primeiro estado do Nordeste em número de casos da doença -

Por conta da epidemia de dengue que assola toda a Bahia, o Procon- BA deflagrou nesta terça-feira, 2, uma operação para fiscalizar os preços dos imunizantes utilizados no combate ao vírus. O foco da açõa é observar os preços praticados pelos laboratórios particulares de Salvador.

A medida tem por objetivo evitar a cobrança de preços excessivos e práticas abusivas nas relações de consumo, sobretudo em meio a uma epidemia de vírus. Os fornecedores fiscalizados deverão apresentar as informações requisitadas pelo Órgão da SJDH, além das eventuais justificativas pelos preços praticados, para análise e providências. Aqueles autuados responderão a procedimentos administrativos e poderão ser multados com valores que podem chegar até R$ 6 milhões.

Mais de R$ 19 milhões já foram investidos no combate à Dengue, incluindo também ações publicitárias e material informativo.

A Bahia é o primeiro estado do Nordeste em número de casos da doença. Segundo dados divulgados pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), nesta terça-feira (2), foram notificados 95.890 casos prováveis da doença até o dia 30 de março de 2024 em todo o estado, registrando um Coeficiente de Incidência (CI) de 678,1 de casos/100.000 habitantes.

Publicações relacionadas