Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > BRASIL
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
27/12/2023 às 11:54 - há XX semanas | Autor: Da Redação

A SER PUBLICADO

Antes de viajar, Lula assina reajuste do salário mínimo para R$ 1.412

Reajuste será publicado no Diário Oficial da União no dia 1º de janeiro

Lula assinou antes de viajar
Lula assinou antes de viajar -

Antes de viajar para as férias de fim de ano, o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), deixou assinado o reajuste do salário mínimo para R$ 1.412 em 2024.

O reajuste será publicado no Diário Oficial da União no dia 1º de janeiro. Na ocasião, Lula estará no Rio de Janeiro, onde passará a virada de ano.

Inicialmente, a proposta era que o salário mínimo saísse do valor atual, R$ 1.320, para R$ 1.421. No entanto, a justificativa do governo para não conceder o aumento previsto anteriormente é que a inflação perdeu força. Com informações do jornal Folha de S. Paulo.

Assuntos relacionados

Lula Salário Mínimo

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Tags:

Lula Salário Mínimo

Cidadão Repórter

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Assuntos relacionados

Lula Salário Mínimo

Publicações Relacionadas

A tarde play
Lula assinou antes de viajar
Play

Pastor diz que autismo é "diabo visitando ventre das desprotegidas"

Lula assinou antes de viajar
Play

Saiba quem é o homem que destruiu carros com retroescavadeira

Lula assinou antes de viajar
Play

VÍDEO: advogado dá voz de prisão para juíza durante audiência

Lula assinou antes de viajar
Play

Vídeo: Homem tenta fugir e fica preso entre grades de cela

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA