Após 40 dias, Força Nacional deixa buscas por fugitivos de Mossoró | A TARDE
Atarde > Brasil

Após 40 dias, Força Nacional deixa buscas por fugitivos de Mossoró

Busca seguirá acontecendo, mas agora conduzida pela Polícia Federal

Publicado sexta-feira, 29 de março de 2024 às 14:40 h | Atualizado em 29/03/2024, 15:12 | Autor: Da Redação
Detentos Deibson Nascimento e Rogério Mendonça fugiram no dia 14 de fevereiro
Detentos Deibson Nascimento e Rogério Mendonça fugiram no dia 14 de fevereiro -

Após 40 dias de buscas pelos fugitivos da penitenciária Federal de Mossoró (RN), a Força Nacional de Segurança Pública suspendeu os trabalhos nesta sexta-feira, 29, informou o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP).

Segundo a pasta, as buscas pelos detentos Deibson Nascimento e Rogério Mendonça, que fugiram no dia 14 de fevereiro, serão focadas em “ações de inteligência”. Na prática, os cerca de 500 agentes que estavam empenhados em trabalhos de campo para encontrar os dois detentos deixarão de ser mobilizados.

O prazo inicial era de que a Força Nacional realizasse as buscas por 30 dias. Como os fugitivos não foram localizados, o prazo foi estendido pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, por dez dias.

A busca seguirá acontecendo, mas agora conduzida pela Polícia Federal, com o apoio das demais forças locais. De acordo com o Ministério da Justiça, as buscas entram agora em uma "segunda fase, focada em ações de inteligência".

No período em que atuaram nas buscas, os agentes da Força Nacional fizeram varreduras em matas e fiscalizaram rodovias, com o objetivo de impedir que os criminosos saíssem do perímetro de buscas no Rio Grande do Norte.

Publicações relacionadas