Fernando Henrique Cardoso assina carta: "democracia está ameaçada"

Manifesto já conta com mais de 760 mil assinaturas

Publicado sexta-feira, 05 de agosto de 2022 às 19:47 h | Atualizado em 05/08/2022, 19:46 | Autor: Da Redação
Imagem ilustrativa da imagem Fernando Henrique Cardoso assina carta: "democracia está ameaçada"
-

O ex-presidente do Brasil, Fernando Henrique Cardoso, anunciou nesta sexta-feira, 5, que aderiu à carta pela democracia organizada pela Faculdade de Direito da USP.

O manifesto já conta com mais de 760 mil assinaturas.

“Como todos sabem, já há algum tempo, estou retirado da vida político-partidária”, diz publicação nas redes da Fundação Fernando Henrique Cardoso. 

"Tomo a decisão, como cidadão, de assinar a Carta às Brasileiras e aos Brasileiros em Defesa do Estado Democrático de Direito. A democracia, causa da minha vida, está ameaçada", finaliza.

Além dele, a ex-presidenta Dilma Roussef (PT) também aderiu ao manifesto na quarta-feira, 3. O documento é assinado também pelos presidenciáveis Ciro Gomes (PDT), Simone Tebet (MDB), André Janones (Avante) e Luiz Felipe d’Avila (Novo).

Publicações relacionadas