Homem confessa ter estuprado e matado prima de 4 anos em Nova Iguaçu | A TARDE
Atarde > Brasil

Homem confessa ter estuprado e matado prima de 4 anos em Nova Iguaçu

Reynaldo disse que cortou pescoço de criança e a enforcou para não ser descoberto

Publicado segunda-feira, 11 de dezembro de 2023 às 11:39 h | Autor: Da Redação
Kemilly Hadassa tinha 4 anos e foi encontrado em um saco de ração
Kemilly Hadassa tinha 4 anos e foi encontrado em um saco de ração -

Em depoimento à polícia, um homem identificado como Reynaldo Rocha Nascimento confessou ter estuprado e matado uma menina de 4 anos, na cidade de Nova Iguaçu, no estado do Rio de Janeiro. Ele foi preso neste domingo, 10, pela Polícia Civil.

De acordo com a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), o acusado é primo da vítima, que foi identificada como Kemilly Hadassa Silva. O corpo da menina foi encontrado em um saco de ração nas proximidades da casa de Reynaldo.

Investigadores apontam que a criança foi morta na madrugada de sábado, horas após ser levada de casa. O suspeito foi localizado no dia seguinte, após ter sido agredido por vizinhos. Após ser encaminhado à delegacia, Reynaldo confessou o crime.

A mãe de Kemilly havia deixado a criança sozinha em casa dormindo, junto com mais dois irmãos, de 7 e 8 anos de idade. Ela teria ido para uma festa, em um local próximo à sua residência. Ela retornou pela manhã e não encontrou a filha em casa. A mulher buscou ajuda da Polícia Civil após não encontrá-la na casa de parentes e amigos.

Reynaldo teria dito em depoimento que havia retirado a menina de casa, pois sabia que ela estaria sozinha. Após tê-la estuprado, o suspeito contou que a vítima começou a chorar e, para evitar ser descoberto, cortou o pescoço dela, mas voltou atrás e a enforcou.

Ele disse ainda que escondeu o corpo da criança em um saco de ração e jogou na beira de um valão. O suspeito já possuía passagem pela polícia por roubo. 

Publicações relacionadas