Menina de 7 anos é morta durante festa em escola particular

Publicado sexta-feira, 11 de dezembro de 2015 às 08:21 h | Atualizado em 11/12/2015, 08:21 | Autor: Da Redação

Uma menina de 7 anos foi assassinada dentro de uma escola na noite desta quinta-feira, 10, na cidade de Petrolina (PE). O corpo de Beatriz Angélica Mota foi encontrado com marcas de faca em um depósito de material esportivo desativado, ao lado do espaço onde acontecia uma formatura do Colégio Nossa Senhora Maria Auxiliadora.

A garota foi ao evento junto com os pais Lúcia Mota e Sandro Romildo, que é professor na instituição. Beatriz estava com a mãe quando desapareceu. Lúcia teria comunicado ao marido da ausência da menina e os dois começaram a procurar a filha. Sandro chegou a chamar pela garota utilizando o microfone do palco da festa.

Após alguns minutos, a festa foi interrompida para procurar pela criança. Em seguida, o corpo de Beatriz foi achado no depósito com ferimentos no tórax e nos membros inferiores e superiores. A menina já estava morta.

A faca utilizada no crime, uma peixeira, estava cravada no abdômen da menina. A polícia pernambucana descarta a possibilidade de violência sexual.

Foi solicitada perícia no local e os policiais buscam imagens que possam ajudar a elucidar o crime. Eles acreditam que o homicida tenha entrado pela porta principal, já que a escola tem sensor de movimento nos muros, que não foi acionado.

Publicações relacionadas