PF prende suspeito de mandar assassinar Bruno e Dom

Conhecido como Colômbia, o peruano foi detido ao prestar depoimento em Tabatinga, por uso de documento falso

Publicado sexta-feira, 08 de julho de 2022 às 10:05 h | Atualizado em 08/07/2022, 10:32 | Autor: Da Redação
O jornalista britânico Dominic Phillips foi assassinado enquanto trabalhava na Amazônia
O jornalista britânico Dominic Phillips foi assassinado enquanto trabalhava na Amazônia -

A Polícia Federal prendeu na última quinta-feira, 7, o peruano Rubens Villar Coelho, conhecido como Colômbia, por uso de documento falso, em Tabatinga.

O homem é suspeito de ser o mandante dos assassinatos do indigenista Bruno Pereira e do jornalista britânico Dom Phillips, na região do Vale do Javari, no Amazonas, em junho deste ano. A informação foi confirmada pela PF à coluna Na Mira, do Metrópoles.

Colômbia prestou depoimento à polícia e negou a participação nos crimes. Ele está sendo acusado de fornecer entorpecentes provenientes do Peru e da Colômbia a facções brasileiras. 

Até o momento, uma das linhas de investigação aponta que Colômbia estaria incomodado com a atuação do indigenista Bruno Pereira, que  chegou a apreender barcos e peixes que pertenciam à quadrilha. O lucro da pesca ilegal de pirarucus e tracajás seria apenas um meio de lavar o dinheiro do narcotráfico.

A PF dará uma coletiva na manhã desta sexta-feira, 8, para dar mais detalhes sobre o caso.

Publicações relacionadas