Polícia identifica homem que agrediu mulher em restaurante | A TARDE
Atarde > Brasil

Polícia identifica homem que agrediu mulher em restaurante

Uma das ex-mulheres teria feito boletim de ocorrência contra ele

Publicado quarta-feira, 27 de dezembro de 2023 às 15:09 h | Atualizado em 27/12/2023, 15:16 | Autor: Da Redação
Segundo a vítima, um homem desconhecido a abordou na saída do banheiro feminino e perguntou se ela era "um homem ou uma mulher"
Segundo a vítima, um homem desconhecido a abordou na saída do banheiro feminino e perguntou se ela era "um homem ou uma mulher" -

A Polícia Civil de Pernambuco identificou o homem que agrediu uma mulher em um restaurante no Recife por acreditar que ela fosse uma pessoa trans. "A mulher realmente reconheceu o agressor como o ex dela e vai ser ouvida dentro das diligências do inquérito", informou em nota.

Ao todo, três ex-companheiras procuraram a vítima reconhecendo Antônio Fellipe Rodrigues Salmento de Sá como o agressor. "Como todos os dados eram coerentes entre si, levamos as informações às autoridades", afirmou ao UOL a advogada Juliana Serretti, que assessora a Comissão de Cidadania, Direitos Humanos e Participação da Assembleia Legislativa de Pernambuco, presidida pela deputada Dani Portela (PSOL). Procurado, Salmento de Sá não respondeu até a publicação desta reportagem.

Uma das ex-mulheres teria feito boletim de ocorrência contra ele. "Uma delas acionou a polícia porque ele tentou atirar nela. Ele tem histórico de violência contra mulher", diz Serretti. 

A advogada quer que o caso seja tratado como transfobia. Embora a vítima seja cisgênero, a motivação da agressão foi o fato de Salmento de Sá acreditar que uma mulher trans utilizava um banheiro feminino.

Publicações relacionadas