Profissionais da imprensa são cercados e expulsos de manifestação pró-Bolsonaro em Brasília

Publicado terça-feira, 07 de setembro de 2021 às 19:33 h | Atualizado em 07/09/2021, 19:49 | Autor: Da Redação

Profissionais da imprensa que estiveram cobrindo as manifestações favoráveis ao presidente Jair Bolsonaro, sem partido, nesta terça-feira, 07, em Brasília, foram agredidos verbalmente e expulsos por manifestantes.

Entre as equipes estavam o fotojornalista Hugo Barreto e o jornalista Raphael Veleda. Nas redes sociais Veleda afirmou que ele e o colega estão bem, mas considerou a experiência como inaceitável.

"Os bolsonaristas partiram pra cima dos profissionais da imprensa porque fizemos nosso trabalho registrando a agressão deles a equipes de documentaristas que também foram impedidas violentamente de trabalhar", escreveu.

Equipes precisaram pular uma divisória após ser conduzida, de forma violenta, por manifestantes, que os xingavam de "filhos da puta" e determinavam para não olharem para trás. Após o salto, integrantes da Polícia Militar se aproximaram.

Segundo a Polícia Militar do Distrito Federal, os manifestantes seriam revistados antes de acessar o local. Em nota, a PM do DF afirmou que não foi comunicada sobre os atos.


Publicações relacionadas