Especialistas apontam tendências de moda para curtir a folia; confira | A TARDE
Atarde > Carnaval > Carnaval 2023

Especialistas apontam tendências de moda para curtir a folia; confira

Consultora de moda e maquiadora falam sobre looks e maquiagens do momento para se jogar na festa

Publicado quarta-feira, 08 de fevereiro de 2023 às 07:00 h | Atualizado em 08/02/2023, 10:03 | Autor: Rafaela Souza
Último Carnaval de Salvador antes da pandemia, foliã no Circuito Osmar, no Campo Grande
Último Carnaval de Salvador antes da pandemia, foliã no Circuito Osmar, no Campo Grande -

Após um hiato de dois anos, a maior festa de rua do mundo volta a acontecer em Salvador, a partir do dia 16 de fevereiro. Com os famosos circuitos Dodô, na Barra; Osmar, no Campo Grande; e Batatinha, no Pelourinho, os foliões podem aproveitar o momento para investir em produções criativas e coloridas. Além das roupas e fantasias, os acessórios e as maquiagens também são indispensáveis para completar o visual.

Para a consultora de moda e imagem, Kika Maia, o período carnavalesco é uma boa pedida para idealizar fantasias que fogem do senso comum e aderir às tendências de estilo, como brilhos e pedrarias. A consultora conta que o famoso companheiro de folia, o glitter, também vai marcar presença nas roupas.

“Como todo Carnaval, veremos muito brilho. E o brilho já tá no radar há um tempo, a gente tem muita roupa com brilho. O ideal é que a gente traga esse brilho para as peças. Você pode usar uma calça, bermuda, saia”, afirmou.

Kika diz que a tendência pode atender diversos gostos, desde o mais discreto ao mais ousado. Segundo ela, o brilho também vai ser visto em combinações de top com hot pant, body e kimono. Além das roupas, o brilho pode ser uma opção usada nos acessórios e até no tênis.

“Antigamente, se usava muito o combo de camiseta mais justa ao corpo, o short jeans e o tênis. Era o combo oficial do Carnaval de Salvador. Hoje em dia, as pessoas aderiram às fantasias. E para aderir a fantasia com conforto, muita gente está usando o top com hotpant, o body mas sem o shortinho. Existe essa tentativa de aderir às fantasias. Começou essa movimentação, não só na fantasia, como a gente via no bloco Mascarados, mas as fantasias para bloquinhos, para andar nas ruas. Então, as meninas têm usado as tiaras com o top e hot pant, meia arrastão e o tênis. É uma tendência atual e isso vem acompanhado das campanhas contra o assédio”, pontuou.

Kika Maia é consultora de moda e imagem
Kika Maia é consultora de moda e imagem |  Foto: Arquivo Pessoal
 

Conforto

De acordo com a consultora, um ponto importante que deve ser levado em consideração na escolha dos looks é o conforto das peças e, para quem não quer ficar com o corpo tão à mostra, ela sugere a sobreposição através do uso do kimono.

“Uma boa opção é o kimono com paetê que cobre mais o corpo da mulher e ela se sente mais confortável na movimentação, no caminho para a folia”, sugeriu.

Outra peça que é uma certeza nos circuitos e é sinônimo de conforto é o tênis. Kika destaca que, além de proporcionar uma proteção maior aos pés, a peça pode transmitir ainda mais personalidade à produção com mix de cores, estampas e texturas. 

Faça em casa

A idealização de uma fantasia pode estar no seu próprio guarda-roupa. Para a consultora, é possível aproveitar peças que já tem em casa e desenvolver produções únicas. 

"Primeiramente, é importante olhar o que tem em casa para avaliar o pode aproveitar, além de testar antes de sair na rua para não ficar na mão. Biquíni, maiô, roupas que você pode customizar com correntes, aplicações. Existe a possibilidade de fazer colagens naquelas peças que você não usa mais. Dá para ver os tutoriais na internet e tentar reproduzir da sua forma”, recomendou.

Em 2019, foliã no Banho de Mar a Fantasia, na Ladeira da Preguiça
Em 2019, foliã no Banho de Mar a Fantasia, na Ladeira da Preguiça |  Foto: Raul Spinassé | Ag. A TARDE
  

O que evitar

Kika diz que a ideia é deixar a criatividade livre para buscar inspiração e alerta para o uso de fantasias que podem reforçar estereótipos contra minorias, como black face, povos indígenas.

“É importante evitar ofender minorias. Até porque são muitas opções de fantasia para pensar. Uma cor pode servir como inspiração. Quando a gente vê o amarelo, a gente lembra do sol, mas por que não uma margarida, um girassol? Por que não lembrar de um personagem que gosta, uma comida? Por exemplo, dá para usar uma roupa vermelha e fazer uma fantasia de catchup”, apontou. 

Beleza

A maquiagem também é um universo que deve ser explorado com muita criatividade. Assim como nas roupas e fantasias, o brilho e as pedrarias seguem sendo uma aposta para a produção de beleza. Para a maquiadora Narcisa Góes, a tendência é democrática e pode ser usada de várias formas durante a folia carnavalesca.

“Com total certeza, a tendência da vez são as pedrarias na maquiagem. Para o carnaval, as mulheres estão muito mais ousadas. No último que a gente teve antes da pandemia, as mulheres já estavam se arriscando mais, usando glitter, explorando mais a criatividade. Com esse fervo e essa necessidade de vivenciar o Carnaval de todas as formas possíveis, elas estão vindo cheia de vontade de abusar das cores, de pedraria, não ter medo de ousar, de usar realmente penteados criativos porque elas tiveram acesso ao consumo da internet, tiveram mais tempo para pensar na fantasia, em quais glitters usar. A ansiedade de querer viver o Carnaval está correlacionada com o exagero do glitter, das pedrarias”, declarou.

Narcisa Góes é maquiadora e especialista em pele negra, cabelos crespos e cacheados
Narcisa Góes é maquiadora e especialista em pele negra, cabelos crespos e cacheados |  Foto: Arquivo Pessoal
  

Para aderir ao visual, a especialista indica o uso da cola de cílios branca ou transparente para auxiliar na fixação do glitter e das pedrarias no rosto. A produção pode ser focada nos olhos ou em outros pontos específicos. Além disso, as cores em neon também são tendências para destacar os olhos.

“Dá para abusar da criatividade com os produtos que tem em casa, como aquela paleta colorida, um iluminador. Dá pra usar sombras como iluminadores coloridos. É usar a criatividade acumulada dos dois últimos anos para se permitir criar. Por exemplo, se quiser pegar strass, pedraria, aqueles floquinhos, sombra em pasta neon, tudo isso dá para usar no carnaval [...] Outra coisa é fazer desenhos geométricos com fita adesiva. Você pode fazer um triângulo na lateral do rosto, passar uma camada bem fininha de cola para cílios e depois ir depositando o glitter. Aí depois você tira a fita e fica uma maquiagem lindíssima, criativa e dá pra curtir o carnaval todo”, acrescentou.

A maquiadora também ressaltou a necessidade do cuidado com a pele antes de começar a produção. Ela diz que é indispensável o uso do protetor solar e de um hidratante facial para proteger e preparar a pele para receber a maquiagem.

“Antes de tudo, é necessário ter os cuidados diários com a pele, porque a oleosidade em excesso na pele interfere na duração e fixação da maquiagem. A durabilidade da maquiagem está relacionada aos cuidados que a pessoa tem com a pele. Porém, como você consegue fazer isso? Hidratar a pele de maneira adequada, usar o protetor solar. Já houve muitos casos em carnavais anteriores onde as pessoas colocavam as pedrarias coladas no rosto sem o uso do protetor solar e ficava com a queimadura de sol. Então, o ideal é usar o protetor solar antes de fazer a maquiagem. E, em seguida, fazer uma hidratação bacana e fazer o uso dos produtos indicados. É importante destacar que não se deve usar colas impróprias para esse uso para não sofrer com alergias, mas uma cola de cílios, que você vai garantir uma boa durabilidade e também a cola não fica à mostra”, destacou.

De acordo com Narcisa, outra tendência que vai marcar presença é a pele mais iluminada e natural através do uso de bases mais leves, além da combinação de cores com batons e gloss. 

“As peles estão muito mais leves porque as mulheres durante a pandemia tiveram mais tempo para o cuidado. O hábito de consumo do skincare extrapolou todas as estatísticas nesse período e o skincare virou um boom na pandemia. Então, a partir do momento que as mulheres cuidam mais da pele, elas não têm a necessidade de fazer uma pele tão carregada. Então, vem o conceito da pele beauty, da pele mais natural, da pele mais viçosa. Você pode até fazer um olho com strass, mas as peles estarão sempre mais naturais. Já para a boca, eu gosto muito da pegada holográfica, de fazer misturinha, tanto com lápis de boca e gloss. Ou então, você colocar um batom rosa junto com uma sombra iluminadora”, contou.

A maquiadora também enfatiza a importância do conforto na hora de escolher a produção. “O importante é a pessoa se sentir confortável com a maquiagem porque não adianta ir toda montada para a avenida e se sentir desconfortável. Tem que escolher uma maquiagem que traga conforto, que a pessoa se sinta bonita”, completou.

Penteados

Narcisa, que também é especialista em penteados, diz que as tendências do momento são os semi-presos e coques, que garantem estilo e praticidade ao look de carnaval.

“Os semi-presos mais criativos como o rabo bolha, que é um penteado super diferente, disruptivo. Está super em alta e dá para fazer um rabo colorido tanto da cor do próprio cabelo como de outras cores. Ainda dá para parecer que o cabelo é maior. Você pode usar dois tipos de fibra, uma preta, outra vermelha, ou juntar uma azul e verde e assim parecer que seu cabelo está pintado, mas sem precisar usar química. Você brinca e pode fazer uma maquiagem que esteja ligada a cor do cabelo. Tem os coques também, que dão um ar mais clean”, completa.

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS