"Feito histórico", diz Bruno Reis após lotação no Carnaval do Centro | A TARDE
Atarde > Carnaval

"Feito histórico", diz Bruno Reis após lotação no Carnaval do Centro

Prefeito de Salvador falou sobre circuito Batatinha, no Pelourinho, e da folia tradicional no Campo Grande

Publicado quarta-feira, 14 de fevereiro de 2024 às 13:47 h | Atualizado em 14/02/2024, 14:01 | Autor: Fernando Valverde e Pevê Araújo
Bruno Reis celebrou público presente no Carnaval tradicional
Bruno Reis celebrou público presente no Carnaval tradicional -

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (União Brasil), comemorou nesta quarta-feira, 14, os resultados do Carnaval de 2024. Em entrevista coletiva onde apresentou o balanço da folia, ele destacou os circuitos Osmar (Campo Grande) e Batatinha (Pelourinho), celebrando a alta presença do público nos locais.

"É importante registrar aqui que esse Carnaval nós conseguimos feitos históricos. O primeiro feito histórico que eu quero destacar é o resgate à valorização e, definitivamente, salvar o Carnaval do centro. Quando a gente soma, por exemplo, na segunda-feira, a quantidade de pessoas que estavam aqui no circuito Osmar e no circuito Batatinha, no Pelourinho, a gente tem mais gente do que o circuito Dodô, na Barra-Ondina. Isso ocorre depois, praticamente, de 15 anos. Essa cidade não conseguia fazer com que as pessoas desejassem mais esse circuito", disse o prefeito.

Ele afirmou que existe um esforço por parte da gestão municipal para valorizar o Centro Histórico de Salvador.

"Nós acabamos definitivamente com aquela pergunta que era comum, recorrente, de qual é o destino do circuito onde tudo começou. A gente está fazendo um esforço grande para valorizar o Centro Histórico Pelourinho. A prefeitura assumiu praticamente a gestão do Pelourinho, criou uma subprefeitura, tem lá um conjunto de investimentos em obras, em ações e em bases operacionais de todas as suas áreas", continuou Bruno.

O prefeito afirmou também que foram feitas diversas campanhas de mobilização para que a região central de Salvador fosse valorizada, classificando o saldo do Carnaval de 2024 como histórico.

"Fizemos diversas campanhas de mobilização para que as pessoas viessem pro Centro. Dentro daquela máxima que, se o centro da cidade, se o centro histórico não é bem resolvido, a cidade não tem como ser bem resolvida. Quando é que a gente ia imaginar que ontem nós tivemos que fechar os postos de acesso ao Pelourinho pela quantidade de pessoas. Isso é um outro feito histórico", finalizou Bruno Reis.

Publicações relacionadas