Foliões capricham nas fantasias para curtir bloquinhos e fanfarras | A TARDE
Atarde > Carnaval

Foliões capricham nas fantasias para curtir bloquinhos e fanfarras

Desfile acontece nesta quarta-feira, 7, no circuito Sérgio Bezerra

Publicado quarta-feira, 07 de fevereiro de 2024 às 23:28 h | Atualizado em 07/02/2024, 23:47 | Autor: Leilane Teixeira com colaboração de Madson Souza

Quem disse que freira não curte carnaval? Mas calma, não se trata bem de uma freira, mas sim de uma das fantasias que marcam o quinto dia de festa pré-carnavalesca com o desfile de bloquinhos e fanfarras, que acontece na noite desta quarta-feira, 7, no Sérgio Bezerra (Farol da Barra ao Morro do Cristo).

Cheia de alegria, a fisioterapeuta Monalliza Rocha contou em entrevista ao A TARDE de onde surgiu a ideia de se fantasiar de freira. "A gente quis fazer um charme para todo mundo querer tirar foto com a gente. É uma freira macabra, uma fantasia que foge do comum. Faltou só um sanguezinho", brinca.

Foliãs se fantasiam de freira
Foliãs se fantasiam de freira |  Foto: Olga Leiria / Ag. A TARDE

Para a foliã, que foi acompanhada das amigas com mesmo traje, o desfile de bloquinhos e fanfarras é um momento de resgatar costumes antigos e poder se divertir de uma forma mais tranquila e segura. "As fanfarras lembram como era o carnaval lá nos primórdios, do tempo da minha mãe, das pessoas mais velhas. Elas sempre dizem que era um momento maravilhoso. E realmente é bem divertido, bem legal. E pretendemos vir fantasiadas todos os dias. Começamos domingo e seguiremos nos outros dias. A próxima vai ser um avatar", garante. 

O trajeto foi nomeado em homenagem a Sérgio Bezerra, fundador do grupo Habeas Copos, um dos blocos que desfilam na festa. Em entrevista ao A TARDE, Sérgio explica que a festa é ideal para quem gosta de curtir em família, inclusive com crianças, já que a festa não leva para a avenida os grandes trios-elétricos. Os grupos que desfilam na festa são filiados à Associação Carnavalesca de Entidades de Sopro e Percussão (ACESP).

"Com certeza o carnaval dos bloquinhos é o diferencial desse carnaval. Remete a família, dá para trazer crianças e é essa mistura carnavalesca que é o carnaval de Salvador, que com certeza tem o seu lugar garantido e diferenciado. Temos aqui um público maravilhoso, basta ver a quantidade de pessoas que estão no circuito Sérgio Bezerra prestigiando as fanfarras que estão se apresentando. Esse carnaval tem que ser diverso, tem que conter trios, blocos afro, bloco de índio e também as fanfarras. Nós estamos aqui e graças a Deus fomos contemplados com esse circuito Sérgio Bezerra, que é um grande gerador de emprego e renda com músicos maravilhosos", diz. 

União 

Há oito anos moradores da Ondina se juntaram nessa energia e montaram o bloquinho "Encontros dos amigos de Lolô", que sai da Ondina em direção ao Morro do Gato. Ao Portal A TARDE, o organizador e fundados do grupo, Lourival Fernando, revelou que o bloquinho já reúne mais de 300 pessoas.


"É um bloquinho dos moradores e amigos da Ondina. A minha intenção é abraçar toda a comunidade, pois já temos amigos que ajudam, a prefeitura e muita gente vibrando na mesma energia. É um momento de muita união entre nós e celebração. Aqui nesse desfile a gente se sente seguro para brincar, trazer as crianças e fazer com que a comunidade tenha mais parceria entre si, não é a atoa que reunimos mais de 300 pessoas". 

Lourival Fernando, organizador do bloquinho "Encontros dos amigos de Lolô"
Lourival Fernando, organizador do bloquinho "Encontros dos amigos de Lolô" |  Foto: Leilane Teixeira

Programação 

Esta é a última noite antes da abertura oficial dos festejos da capital baiana, que iniciam na quinta, 8, com Ivete Sangalo, Carlinhos Brown, BaianaSystem e Ilê Aiyê na Praça Castro Alves.

A programação completa em todos os circuitos você confere aqui.

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS