CBF anuncia nova coordenadora técnica da Seleção Brasileira feminina | A TARDE
Atarde > Esportes

CBF anuncia nova coordenadora técnica da Seleção Brasileira feminina

Cris Gambaré é ex-diretora de futebol feminino do Corinthians

Publicado quarta-feira, 20 de março de 2024 às 16:06 h | Autor: Da Redação
Ednaldo Rodrigues anuncia Cris Gambaré na Seleção feminina
Ednaldo Rodrigues anuncia Cris Gambaré na Seleção feminina -

A Confederação Brasileira de Futebol anunciou, nesta quarta-feira, 20, a nova Coordenadora Técnica das Seleções Brasileiras Femininas. Trata-se de Cris Gambaré, ex-diretora de futebol feminino do Corinthians, que ficará responsável pelas seleções principal e de base do Brasil. A notícia foi confirmada por Ednaldo Rodrigues, presidente da entidade. 

"Estou lisonjeada em construir essa nova base e realmente trazer o melhor para o Brasil. É a garantia de que o futebol feminino veio para ficar e com apoio. Saio de uma grande instituição para entrar em outra, sabendo que vou ter grandes pessoas ao lado, grandes parceiros para que a gente siga rumo a um único objetivo que é elevar o nome da Seleção Brasileira Feminina e realmente fazer o melhor trabalho na modalidade dentro do nosso país", disse Cris ao site da CBF. 

Com quase trinta anos dedicados ao futebol feminino brasileiro, a nova coordenadora terá a missão de auxiliar os técnicos das Seleções Brasileiras Femininas, além de planejar e estruturar o calendário das equipes nacionais, visando a um desempenho cada vez mais competitivo, segundo a Confederação. 

Cris Gambaré foi conselheira do Corinthians por mais de 10 anos, até 2015, quando assumiu a diretoria da equipe. Agora a profissional chega para substituir Ana Lorena Marche, que saiu após a Copa do Mundo de 2023. 

A nova Coordenadora voltará a fazer parceria com Arthur Elias, técnico da Seleção e também ex-Corinthians, onde conquistaram todos os títulos possíveis do futebol feminino nacional e internacional. 

Ednaldo Rodrigues destacou a vitória por juntar Cris ao time da Seleção e exaltou a profissional, que faz parte de uma seleção de pessoas capazes de proporcionar títulos ao futebol feminino brasileiro. 

"Já tínhamos esse desejo há muito tempo e conseguimos agora. Queremos que você possa desenvolver tudo aquilo que conhece em relação ao futebol feminino no país. A CBF vai fazer fora de campo uma seleção de pessoas que possam conquistar os objetivos que a gente almeja, principalmente nesse ciclo que vai das Olimpíadas até a Copa do Mundo em 2027 que, se Deus quiser, esperamos que seja no Brasil", projetou o presidente.

Publicações relacionadas