Em denúncia, Flamengo de Guanambi diz que atletas foram ameaçados

Comunicado relata que diretor do Botafogo fez "ameaças de morte"

Publicado domingo, 10 de julho de 2022 às 17:01 h | Atualizado em 10/07/2022, 17:41 | Autor: Da Redação
Flamengo de Guanambi denunciou também que, ao chegar ao estádio Pedro Amorim, a delegação foi ainda ameaçada pelo gerente de futebol do Botafogo, Allan Deiwisson
Flamengo de Guanambi denunciou também que, ao chegar ao estádio Pedro Amorim, a delegação foi ainda ameaçada pelo gerente de futebol do Botafogo, Allan Deiwisson -

Em nota oficial divulgada, o Flamengo de Guanambi relatou ameaças aos atletas e demais membros da delegação, na partida contra o Botafogo, em Senhor do Bonfim, válida pela segunda divisão do campeonato baiano. O jogo vale ainda a classificação para o "Mais Simpático".

No comunicado, o clube de Guanambi, sem chances de classificação para a próxima fase, diz que o diretor Idailton Jarle sacou uma arma na concentração da equipe e "ameaçou de morte" os atletas e dirigentes, caso o resultado da partida não fosse o desejado.

O Flamengo de Guanambi denunciou também que, ao chegar ao estádio Pedro Amorim, a delegação foi ainda ameaçada pelo gerente de futebol do Botafogo, Allan Deiwisson.

O Botafogo precisa vencer o Flamengo de goleada e torcer por uma derrota do Itabuna para seguir na competição.

Publicações relacionadas