Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > esportes > E.C.BAHIA
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
17/04/2024 às 1:31 • Atualizada em 17/04/2024 às 2:20 - há XX semanas | Autor: Lincoln Oriaj

FALA, PROFESSOR!

Ceni ressalta "sacrifício de marcar" do Bahia em triunfo em casa

Esquadrão neutralizou bem o ataque do Fluminense, que terminou com 60% de posse de bola

Rogério Ceni em entrevista coletiva
Rogério Ceni em entrevista coletiva -

Após muita chuva e uma paralisação de cerca de uma hora, o Bahia estreou em casa no Campeonato Brasileiro e venceu o Fluminense por 2 a 1, na Arena Fonte Nova. Germán Cano abriu o placar para os cariocas, mas Caio Alexandre e Cauly viraram para o Esquadrão, em duelo da 2ª rodada.

Em entrevista coletiva após a partida, o técnico Rogério Ceni descartou a pressão pela perda do Campeonato Baiano e pelo resultado negativo na 1ª rodada, diante do Internacional, e analisou a partida de sua equipe.

“Eu trabalho sob pressão há 42 anos, acho que é meu 28º Campeonato Brasileiro. É sempre importante vencer. Acho que nós fizemos uma partida muito próxima do que a gente deseja. Nos demos o sacrifício de marcar, o Ademir fez uma ótima partida, um jogador que não teve tantos minutos”, disse o treinador.

“Eu estava pensando em fazer uma troca, colocar o Oscar no lugar de Ademir, já havia avisado o Ademir. A gente soube sofrer durante o jogo, agora em matéria de criação, o jogo contra o Sport foi melhor. Acho que é o 12º nosso aqui e 11 triunfos, o que mostra o peso que o torcedor tem. Sem dúvida a voz da arquibancada é o que mantém os caras em pé no momento do cansaço”, complementou Ceni.

Já de olho no Ba-Vi do final de semana, o comandante afirmou que a equipe terá tempo para se preparar e descartou o cansaço como desculpa, em caso de resultado negativo. Ceni ainda falou sobre a estatística de posse de bola, que terminou com 60% para o Fluminense e 40% para o Bahia.

“O cansaço não é desculpa para esse jogo, nós temos cinco dias, o que é suficiente. Nós podemos ter uma ou duas mudanças. Temos tempo e condições para termos um time tão competitivo quanto foi hoje”, disse o técnico.

“Dificilmente alguém vai ter mais posse de bola que o Fluminense no campeonato. É uma maneira de jogar distinta, com jogadores de muita qualidade técnica e com um treinador que mantém sua convicções ganhando ou perdendo”, concluiu.

O próximo compromisso do Bahia é contra o rival, Vitória, pela 3ª rodada do Brasileirão. O clássico Ba-Vi está marcado para as 16h de domingo, 21, no Barradão, em Salvador.

Assuntos relacionados

Bahia campeonato brasileiro Clássico Ba-Vi entrevista esporte Fluminense Futebol jogo Rogério Ceni técnico vitória

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Tags:

Bahia campeonato brasileiro Clássico Ba-Vi entrevista esporte Fluminense Futebol jogo Rogério Ceni técnico vitória

Repórter cidadão

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Assuntos relacionados

Bahia campeonato brasileiro Clássico Ba-Vi entrevista esporte Fluminense Futebol jogo Rogério Ceni técnico vitória

Publicações Relacionadas

A tarde play
Rogério Ceni em entrevista coletiva
Play

Segredo revelado? Saiba caminho percorrido pelo Bahia até o Grupo City

Rogério Ceni em entrevista coletiva
Play

Com interesse de europeus, Biel sai de campo com dores no tornozelo

Rogério Ceni em entrevista coletiva
Play

Hebert denuncia organizada do CAP: "Queriam encurralar a gente"

Rogério Ceni em entrevista coletiva
Play

Éverton Ribeiro usa van adaptada para rotina inusitada no Bahia; veja

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA