"Sou uma pessoa totalmente diferente", afirma Marcinho em apresentação

Lateral disse esperar conseguir mostrar seu "lado humano" com a camisa tricolor

Publicado quarta-feira, 03 de agosto de 2022 às 17:55 h | Atualizado em 03/08/2022, 18:50 | Autor: Alex Torres
Desde o ocorrido, Marcinho revelou que tem tido acompanhamento psicológico
Desde o ocorrido, Marcinho revelou que tem tido acompanhamento psicológico -

Anunciado como reforço na última segunda-feira, 1º, o lateral-direito Marcinho foi o foco da polêmica no Bahia. Em dezembro de 2020, o jogador atropelou e matou um casal, tendo se tornado réu no processo poucos meses depois. 

Nesta quarta-feira, 3, o jogador foi apresentado em entrevista coletiva na sala de imprensa do CT Evaristo de Macedo e falou sobre o ocorrido. Nas palavras de Marcinho, se ele pudesse voltar no tempo, faria tudo diferente e garante ter se tornado uma pessoa diferente. 

Leia também: Sobre Marcinho, Freeland pede "cuidado com cultura do ódio"

"Com toda certeza, eu teria parado. Mas, por uma série de fatores: medo, medo de ser linchado, sou uma figura pública; não estar vivendo um grande momento, um bom momento, na verdade, no clube em que eu estava. Isso culminou em uma atitude muito ruim minha, e isso é o que eu tenho buscado melhorar muito na minha vida. Cresci bastante. Fui pai. Então, com certeza, sou uma pessoa totalmente diferente daquele rapaz do dia 30 de dezembro de 2020", afirmou. 

Desde o ocorrido, Marcinho revelou que tem tido acompanhamento psicológico. Além disso, o atleta de 26 anos disse entender parte da resistência do torcedor tricolor, mas espera conseguir mostrar seu "lado humano" com a camisa azul, vermelha e branca. 

"Sem dúvida nenhuma, essa resistência que eu tenho... E que isso atrapalha eu poder trabalhar. Mas volto a dizer, eu compreendo. Não é uma situação fácil, que as pessoas aceitem, mas eu espero poder mostrar meu lado humano aqui. E que vocês também possam me abraçar de certa forma, com jogos e com o que vocês forem me conhecendo. Mais uma vez, juntos pelo acesso", complementou o lateral. 

Disputa por posição

Atualmente, o elenco do Esquadrão de Aço conta com duas opções para a lateral-direita, ambos bastante jovens. Com apenas 20 anos, Douglas Borel ocupa a titularidade no esquema tático de Enderson Moreira, enquanto o garoto de 18 anos, André, promovido neste ano, surge como a segunda opção.  

"São dois garotos muito bons de bola. Acho que é normal, isso é coisa da pouca experiência, mas não tenho dúvida de que eles vão evoluir muito. Quero passar coisas boas para eles e quero aprender também com esses dois laterais que têm um futuro gigante pela frente", pontuou Marcinho.

Regularizado nesta quarta, a nova contratação do Tricolor já se encontra à disposição do treinador Enderson Moreira, caso queira utilizá-lo na partida contra o CSA, neste sábado, 6, às 16h30, na Arena Fonte Nova, em Salvador. 

Publicações relacionadas