Condé poupa goleiro e lamenta chances perdidas: "tem dessas coisas" | A TARDE
Atarde > Esportes > E.C.Vitória

Condé poupa goleiro e lamenta chances perdidas: "tem dessas coisas"

Estreante, Maycon Cleiton falhou nos dois gols da Juazeirense contra o Vitória

Publicado quinta-feira, 15 de fevereiro de 2024 às 01:12 h | Atualizado em 15/02/2024, 01:15 | Autor: Lincoln Oriaj
Léo Condé, técnico do Vitória
Léo Condé, técnico do Vitória -

O Vitória perdeu seu primeiro jogo na Copa do Nordeste na noite desta quarta-feira, 14, quando foi superado pela Juazeirense por 2 a 0, no Estádio Adauto Moraes. Diretamente responsável pelo resultado negativo, o goleiro Maycon Cleiton falhou nos dois gols, mas foi poupado pelo técnico Léo Condé.

Em entrevista coletiva após a partida, o treinador preferiu lamentar as chances perdidas por sua equipe, que chegou a colocar três bolas na trave.

“A gente começou o primeiro tempo até bem, ali nos primeiros 15 ou 20 minutos. Criamos duas chances de gols, não fizemos. Depois eles acertaram um bom chute de fora da área e fizeram outro gol de bola parada. Aí a equipe se perdeu um pouco”, analisou o comandante.

“No intervalo ajustamos e voltamos bem, criamos muitas situações de gol. Trabalhamos com bola em profundidade, bola pelo lado do campo, faltou a bola entrar. Mérito do adversário também, que se defendeu bem. Temos que olhar para frente agora”, complementou.

De olho no clássico Ba-Vi deste domingo, 18, Léo Condé mandou a campo contra a Juazeirense apenas os reservas. O goleiro Maycon Cleiton havia feito apenas quatro jogos nos últimos dois anos e claramente sentiu a falta de ritmo de jogo e tempo de bola.

“Infelizmente, a gente criou muitas chances de gol, mas é futebol, futebol tem dessas coisas. Tivemos ali seis ou sete chances claras e não conseguimos fazer o gol. Eu precisava oferecer ritmo de jogo para aqueles que vinham atuando menos, e isso só é possível com mais tempo dentro de campo”, explicou Condé.

“A gente fez opção de poupar a equipe titular porque eles fizeram três jogos seguidos e estavam desgastados. Essa viagem a gente sabia que seria desgastante também, então não podia correr o risco de chegar com equipe no nível físico bem abaixo. A gente tem uma expectativa boa, no nosso último jogo dentro de casa fomos muito bem contra o ABC. Vamos tentar levar para campo aquele tipo de atuação, com posse de bola para conseguir um resultado positivo”, concluiu o professor.

O clássico Ba-Vi deste domingo está marcado para as 16h e é válido pela 7ª rodada do Campeonato Baiano. O jogo será realizado no Barradão com presença apenas de torcedores do Rubro-Negro.

Publicações relacionadas