Vitória defende diretor: "entrou em campo apenas para conversar" | A TARDE
Atarde > Esportes > E.C.Vitória

Vitória defende diretor: "entrou em campo apenas para conversar"

Clube alega que fatos em partida do sub-15 são "o contrário do que foi exposto"

Publicado segunda-feira, 17 de outubro de 2022 às 18:31 h | Atualizado em 17/10/2022, 19:27 | Autor: Da Redação
Bahia prometeu adotar providências junto ao Tribunal de Justiça Desportiva contra o diretor
Bahia prometeu adotar providências junto ao Tribunal de Justiça Desportiva contra o diretor -

O Vitória publicou nesta segunda-feira, 17, uma nota de esclarecimento sobre a confusão que envolveu o diretor da divisão de base do clube, Thiago Noronha, pela semifinal do Campeonato Baiano sub-15, contra o Bahia, neste domingo, 16. O clube saiu em defesa de Thiago e explicou que o fato é "o contrário do que foi exposto".

O Vitória alegou que o diretor entrou em campo "apenas para conversar com o atleta (Roger) do Esporte Clube Bahia, a quem já acompanha sua trajetória desde os 10 anos de idade, visando orientá-lo para que mantivesse um comportamento adequado durante a disputa esportiva".

O clube também afirmou que não faz parte da conduta do profissional Rubro-Negro um comportamento agressivo com os atletas.

Confira na íntegra

"O Esporte Clube Vitória vem esclarecer acerca dos fatos ocorridos domingo (16/10) por ocasião do jogo envolvendo a equipe sub-15 rubro-negra e do Esporte Clube Bahia, disputado no Centro de Treinamento Manoel Pontes Tanajura, válido pelas semifinais do Campeonato Baiano.

Ao contrário do que foi exposto, o diretor da Divisão de Base do EC Vitória, Thiago Noronha, entrou em campo apenas para conversar com o atleta (Roger) do Esporte Clube Bahia, a quem já acompanha sua trajetória desde os 10 anos de idade, visando orientá-lo para que mantivesse um comportamento adequado durante a disputa esportiva.

Não faz parte da conduta de Thiago Noronha a adoção de qualquer comportamento agressivo para com atletas, especialmente da divisão de base, pois o referido dirigente sempre prega que através do esporte deve ser formado não só o atleta e sim também o cidadão.

A título de exemplo, no dia anterior, em partida envolvendo as categorias sub-13 do ECV e do Esporte Clube Bahia, partiu do diretor a iniciativa de conduzir os seus atletas a cumprimentarem a equipe vencedora, que na ocasião se sagrara campeã da Copa das Favelas. Comportamento próprio e usual de Thiago Noronha foi motivo de elogios públicos pelos presentes, pela organização e, inclusive, pela própria comissão técnica do ECB.

O Esporte Clube Vitória e seus dirigentes reafirmam o compromisso e tratamento com fair-play em relação aos seus adversários na prática da atividade desportiva, jamais compactuando com atos antidesportivos como os indevidamente noticiados."

O Bahia também emitiu uma nota oficial nesta segunda-feira, 17, informando que vai adotar providências junto ao Tribunal de Justiça Desportiva e ao Juizado de Menores contra Thiago Noronha.

De acordo com o clube, o dirigente "hostilizou e ameaçou o atleta do Esquadrão com palavras de baixo calão, criando uma confusão generalizada dentro do campo".

Confira o vídeo:


  

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS