Medalhista paralímpica brasileira tem mal súbito e morre aos 37 anos | A TARDE
Atarde > Esportes

Medalhista paralímpica brasileira tem mal súbito e morre aos 37 anos

Joana passou mal na noite de domingo, no Centro de Treinamento Paralímpico, e foi levada ao hospital

Publicado segunda-feira, 18 de março de 2024 às 09:51 h | Atualizado em 18/03/2024, 10:08 | Autor: Da Redação
Joana Neves foi eleita Melhor Nadadora Paralímpica do Brasil em 2020
Joana Neves foi eleita Melhor Nadadora Paralímpica do Brasil em 2020 -

A medalhista paralímpica Joana Neves morreu aos 37 anos, na madrugada desta segunda-feira, 18. A informação foi confirmada pela Sociedade Amigos do Deficiente Físico (Sadef), clube que ela representava.

De acordo com a entidade, a atleta potiguar estava em São Paulo realizando exames, em busca de um diagnóstico para episódios de convulsão que vinha apresentando nos últimos dias.

Joana passou mal na noite de domingo, 17, no Centro de Treinamento Paralímpico, e foi levada ao hospital, mas não resistiu a uma parada cardiorrespiratória.

No último Mundial que disputou, em 2022, conquistou quatro medalhas e quebrou dois recordes. Na carreira, ao todo, foram 15 pódios em Mundiais, entre 2013 e 2022.

Em 2020, foi eleita Melhor Nadadora Paralímpica do Brasil no Troféu Best Swimming. Ao longo da carreira, disputou três paralimpíadas, nas quais conquistou cinco medalhas.

A Sadef, clube onde começou a carreira e que representava atualmente, decretou luto oficial.

Publicações relacionadas