Vai rolar? Aposentada, Amanda Nunes provoca nova estrela do UFC | A TARDE
Atarde > Esportes

Vai rolar? Aposentada, Amanda Nunes provoca nova estrela do UFC

Kayla Harrison venceu Holly Holm no último fim de semana

Publicado segunda-feira, 15 de abril de 2024 às 11:46 h | Autor: Da Redação
Amanda Nunes e Kayla Harrison treinaram juntas no American Top Team, na Flórida
Amanda Nunes e Kayla Harrison treinaram juntas no American Top Team, na Flórida -

A ex-campeão de MMA, Amanda Nunes, aposentada desde junho de 2023, reagiu a vitória da estreante Kayla Harrison sobre Holly Holm, no último fim de semana, pelo UFC 300, no estado de Nevada, nos Estados Unidos. A baiana provocou a americana nas redes sociais. 

Em publicação no X, antigo Twitter, a Leoa aparece acompanhando a transmissão do evento pela televisão. Na entrevista pós-luta, Kayla Harrison citou possíveis adversárias que gostaria de enfrentar na busca pelo título, mas não citou a ex-lutadora.

No vídeo divulgado por Amanda, a baiana escreve "Chama", dando a entender que abriria mão da aposentadoria para enfrentar a adversária. Posteriormente, o presidente da organização, Dana White, se manifestou e demonstrou otimista com o desafio. 

"Sim, gostei (da reação de Amanda Nunes). Achei que ela se aposentou cedo demais, de qualquer maneira. Gosto que ela esteja intrigada com essa luta. Eu amo isso. Eu amo Amanda. Amanda e eu temos um relacionamento incrível. Acho que ela é a GOAT (melhor de todos os tempos, na sigla em inglês) em todos os esportes de combate femininos. Então, se Kayla puder ganhar um título, seria absolutamente divertido vê-la voltar e tentar conquistá-lo", escreveu o mandatário do UFC. 

Amanda Nunes e Kayla Harrison treinaram juntas no American Top Team, na Flórida. A brasileira decidiu deixar a equipe pouco depois em função da projeção que a americana bicampeã olímpica de judô ganhava no MMA, somando título na PFL.

Considerada a maior atleta de MMA de todos os tempos, Amanda lutou 28 vezes, tendo vencido 23 e perdido apenas cinco. Neste período, ele foi campeão peso-pena e peso-galo simultaneamente. 

Já Kayla Harrison vem em uma ascensão meteórica na carreira desde que migrou do judô para o MMA. Bicampeã do torneio dos leves da PFL, a americana fez 18 lutas na carreira e venceu 17, perdendo apenas para a brasileira Larissa Azevedo, em novembro de 2022.  

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS