Irã ameaça vingança contra Israel após assassinato de general | A TARDE
Atarde > Mundo

Irã ameaça vingança contra Israel após assassinato de general

Após o assassinato, na Síria, Irã acusou Israel de ser o responsável pelo ataque

Publicado terça-feira, 26 de dezembro de 2023 às 16:04 h | Autor: Da Redação
Moussavi era um dos conselheiros mais experientes do Corpo da Guarda Revolucionária Islâmica na Síria
Moussavi era um dos conselheiros mais experientes do Corpo da Guarda Revolucionária Islâmica na Síria -

O governo do Irã ameaçou vingança contra Israel após a morte do general Seyed Razi Mousavi, que foi atingido por um ataque aéreo realizado, na segunda-feira, 25, nas proximidades de Damasco, na Síria. O novo episódio aumenta ainda mais a tensão histórica entre os dois rivais regionais, que subiram o tom desde o início da recente invasão da Faixa de Gaza em resposta ao Hamas.

A mídia estatal do Irã disse que o ataque foi feito por Israel, mas as autoridades israelenses não se pronunciaram sobre o assunto. Israel, no entanto, não confirmou nem negou as acusações.

Após a confirmação da morte de Seyed Razi Mousavi, autoridades iranianas vieram a público e ameaçaram Israel.

“Sem dúvida, este ato hediondo é outro sinal de frustração e desamparo do regime usurpador sionista na região, e certamente pagará por este crime”, disse o presidente do Irã, Ebrahim Raisi, em um comunicado.

Já o porta-voz do Ministério da Defesa do Irã, brigadeiro-general Reza Talaee Nik, disse que Israel deve esperar uma retaliação em resposta à morte de Seyed Razi Mousavi.

“Este crime definitivamente merece punição. Eles devem aguardar o preço da sua operação recente. Esperar o momento de pagar o preço dessa operação torturará o regime e os seus elementos até a morte”, disse em uma coletiva de imprensa realizada nesta terça-feira, 26.

Publicações relacionadas