Após passar a noite internado, Bolsonaro recebe alta médica

A suspeita era de uma nova obstrução intestinal

Publicado terça-feira, 29 de março de 2022 às 08:06 h | Atualizado em 29/03/2022, 08:06 | Autor: Da Redação
Bolsonaro deveria participar de um evento na última segunda de filiação ao Republicanos
Bolsonaro deveria participar de um evento na última segunda de filiação ao Republicanos -

O presidente Jair Bolsonaro (PL) recebeu alta médica no início da manhã desta terça-feira, 29, após passar a noite internado no Hospital das Forças Armadas, na região de Brasília, por conta de um desconforto no estômago. O chefe do Executivo foi encaminhado a unidade de saúde para fazer exames após se sentir mal na última segunda-feira, 28. 

A internação aconteceu para a realização de exames e a suspeita é de nova obstrução intestinal. O presidente se sentiu mal pouco depois do almoço e foi para o HFA no fim da tarde. No entanto, o quadro do presidente não foi considerado preocupante, como em outras internações, e ele foi liberado. 

Bolsonaro deveria participar de um evento na última segunda de filiação ao Republicanos de dois de seus ministros: o titular da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, e Damares Alves, ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos. 

"Falaram que ele estava com refluxo e dor no estômago", contou na ocasião, o deputado Marcos Pereira, presidente do Republicanos.

Nos primeiros dias de 2022, Bolsonaro precisou ser internado por três dias no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, com um quadro de obstrução intestinal, resultante da má alimentação durante as suas férias de final do ano. Os médicos cogitaram, na época, a possibilidade de uma intervenção cirúrgica. Entretanto, a obstrução se desfez e uma cirurgia foi descartada.

Em julho de 2021, Bolsonaro também foi internado em São Paulo com obstrução no intestino. O presidente teve alta alguns dias depois e não passou por cirurgia.

Publicações relacionadas