Após Isidório mudar de opinião, Fabíola Mansur cobra "consciência" | A TARDE
Atarde > política > Bahia

Após Isidório mudar de opinião, Fabíola Mansur cobra "consciência"

Para a deputada estadual, Isidório "só mudou de ideia após ser enquadrado"

Publicado quinta-feira, 28 de setembro de 2023 às 17:11 h | Autor: Da Redação
"Ele precisa parar de votar por conveniência", disse Fabíola Mansur sobre Pastor Sargento Isidório
"Ele precisa parar de votar por conveniência", disse Fabíola Mansur sobre Pastor Sargento Isidório -

Após o Pastor Sargento Isidório (Avante-BA) mudar o posicionamento sobre o casamento homoafetivo, a deputada estadual Fabíola Mansur (PSB), que já havia criticado o deputado federal, voltou a falar sobre o tema.

"Na última quarta-feira [27], o Pastor Isidório voltou atrás e defendeu o casamento homoafetivo por pura conveniência. Ele aprendeu direitinho com o ex-presidente [da República, Jair Bolsonaro (PL)]: fala a asneira que pensa e no dia seguinte volta atrás por pura conveniência, acreditando que desta forma consegue agradar os conservadores e os progressistas", afirmou Fabíola Mansur.

Nesta semana, Fabíola repudiou as falas transfóbicas proferidas por Isidório na semana passada e disse que, por esse motivo, não apoiaria uma candidatura do deputado federal para a Prefeitura de Salvador. "Não é uma fala que unifique a base, muito menos que represente a pluralidade, a diversidade de uma cidade como Salvador", disse Fabíola na ocasião.

Isidório disse, durante discussão na Comissão de Previdência, Assistência Social, Infância, Adolescência e Família da Câmara dos Deputados, que “homem nasce com binga” e “mulher nasce com tcheca”. Na ocasião, era discutido o Projeto de Lei 5167/09, que propõe proibir o casamento homoafetivo.

A mudança de posicionamento de Isidório, mesmo com as ressalvas, foi elogiada por Fabíola. "Votou corretamente a favor do casamento homoafetivo e dos direitos civis, como manda a constituição. Mas ele precisa parar de votar por conveniência", concluiu.

Publicações relacionadas