Geraldo Júnior detona educação municipal: "Baixo número de matrículas"

Presidente da Câmara Municipal questiona condições de ensino e fala em descaso da prefeitura

Publicado segunda-feira, 25 de julho de 2022 às 11:26 h | Atualizado em 25/07/2022, 11:36 | Autor: Da Redação
Geraldo Júnior chama o desempenho da Prefeitura de Salvador na área de educação de "pífio"
Geraldo Júnior chama o desempenho da Prefeitura de Salvador na área de educação de "pífio" -

O presidente da Câmara Municipal de Salvador, Geraldo Júnior (MDB), pretende promover audiências públicas sobre o que ele chamou de “péssimos resultados” que Salvador tem no número de matrículas em creche, educação infantil e fundamental II.

Geraldo Júnior disse que dados oficiais de órgãos governamentais demonstram que, no ranking entre capitais do país, Salvador está na 23ª posição no ranking de alunos matriculados em creches. No ranking de matriculados em pré-escola, a posição da cidade desce para o 24º lugar. Já nos ensinos Fundamental I e Fundamental II, a capital baiana aparece em 10º e 16º lugares, respectivamente.

Segundo o vereador, que também é pré-candidato a vice-governador na chapa encabeçada por Jerônimo Rodrigues (PT), este é um grave problema.

“É prejudicial para o aprendizado e convívio social desde a mais tenra idade. Com este descaso da Prefeitura de Salvador e esse desempenho pífio perante as outras capitais, a realidade é que o filho das classes médias e classe alta deixam seus filhos na creche, Educação Infantil e Fundamental II e os filhos dos cidadãos de classe baixa não têm essa oportunidade. Precisam ficar em casa. E, além disso, há outro problema. Os pais dessas crianças precisam trabalhar. E vai fazer como? Pagar uma creche ou alguém para cuidar?”, questiona Geraldo Júnior.

Publicações relacionadas