Governo antecipa incremento a servidores de abril para março

Além do reajuste linear de 4%, Estado acrescentará R$ 300 a salários na Educação, Saúde e Segurança Pública

Publicado quarta-feira, 22 de dezembro de 2021 às 16:43 h | Atualizado em 22/12/2021, 16:43 | Autor: Rodrigo Aguiar

O governador Rui Costa decidiu antecipar, de abril para março, o início do pagamento de um valor que será adicionado ao salário de categorias como Segurança Pública e Educação. A Assembleia Legislativa da Bahia vota nesta quarta-feira, 22, o reajuste do funcionalismo público - é previsto reajuste linear de 4%, mas haverá ainda incrementos para alguns segmentos.

No pacote de projetos, o governo informou que concederia um incremento de R$ 300 ao vencimento básico de servidores da Educação, Saúde e Segurança Pública, a partir de abril, e de R$ 200 para aqueles com vencimento básico abaixo do mínimo. O reajuste geral, por sua vez, entra em vigor já a partir de janeiro.

"O governador pediu que incorpore no projeto que a aplicação das tabelas, em vez de 1º de abril, seja a partir de 1º de março, para melhorar a vida dessas categorias. O governador pediu para informar a Vossa Excelência [presidente Adolfo Menezes] e aos relatores para essa mudança, que vai gerar um incremento em torno de 150 milhões", afirmou o deputado Rosemberg Pinto (PT), líder do governo na Casa.

Um dos parlamentares que tentou negociar a antecipação dos incrementos, o deputado Soldado Prisco (PSC) comentou a mudança. "Se não foi o melhor para o servidor público, pelo menos esse pedido de antecipação ficou para março. Era para ser em janeiro ou fevereiro. Tenho certeza que o servidor merece mais", discursou Prisco.

Publicações relacionadas