adblock ativo

Governo antecipa incremento a servidores de abril para março

Além do reajuste linear de 4%, Estado acrescentará R$ 300 a salários na Educação, Saúde e Segurança Pública

Publicado quarta-feira, 22 de dezembro de 2021 às 16:43 h | Atualizado em 22/12/2021, 16:43 | Autor: Rodrigo Aguiar
Líder do governo na Assembleia, Rosemberg Pinto (PT) informou decisão de Rui Costa no plenário
Líder do governo na Assembleia, Rosemberg Pinto (PT) informou decisão de Rui Costa no plenário -
adblock ativo

O governador Rui Costa decidiu antecipar, de abril para março, o início do pagamento de um valor que será adicionado ao salário de categorias como Segurança Pública e Educação. A Assembleia Legislativa da Bahia vota nesta quarta-feira, 22, o reajuste do funcionalismo público - é previsto reajuste linear de 4%, mas haverá ainda incrementos para alguns segmentos.

No pacote de projetos, o governo informou que concederia um incremento de R$ 300 ao vencimento básico de servidores da Educação, Saúde e Segurança Pública, a partir de abril, e de R$ 200 para aqueles com vencimento básico abaixo do mínimo. O reajuste geral, por sua vez, entra em vigor já a partir de janeiro.

"O governador pediu que incorpore no projeto que a aplicação das tabelas, em vez de 1º de abril, seja a partir de 1º de março, para melhorar a vida dessas categorias. O governador pediu para informar a Vossa Excelência [presidente Adolfo Menezes] e aos relatores para essa mudança, que vai gerar um incremento em torno de 150 milhões", afirmou o deputado Rosemberg Pinto (PT), líder do governo na Casa.

Um dos parlamentares que tentou negociar a antecipação dos incrementos, o deputado Soldado Prisco (PSC) comentou a mudança. "Se não foi o melhor para o servidor público, pelo menos esse pedido de antecipação ficou para março. Era para ser em janeiro ou fevereiro. Tenho certeza que o servidor merece mais", discursou Prisco.

adblock ativo

Publicações relacionadas