Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > política > BAHIA
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
05/03/2024 às 11:42 • Atualizada em 05/03/2024 às 12:20 - há XX semanas | Autor: Eduado Dias e Flávia Requião

SABATINA

Indicação de Nilo para conselheiro no TCM é aprovada pela CCJ

Ex-deputado foi o primeiro sabatinado na disputa ao cargo no Tribunal

Com 6 votos a favor e dois contra, o relatório do deputado estadual Júnior Nascimento com a indicação de Nilo saiu favorável
Com 6 votos a favor e dois contra, o relatório do deputado estadual Júnior Nascimento com a indicação de Nilo saiu favorável -

O primeiro candidato a ser ouvido para concorrer ao cargo de conselheiro do Tribunal de Contas da Bahia (TCM), o ex-deputado Marcelo Nilo, foi aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), após sabatina realizada na manhã desta terça-feira, 5.

Com 6 votos a favor e dois contra, o relatório do deputado estadual Júnior Nascimento (União) com a indicação de Nilo saiu favorável na disputa que ainda vai ao plenário na tarde de hoje. Logo após ser ouvido, será a vez do seu concorrente Paulo Rangel (PT), que nos bastidores da Casa, já é tratado como favorito, por possuir apoio de quase todos os integrantes da bancada governista.

No discurso, o sabatinado citou antigas indicações da oposição para cargos do Tribunal de Contas e criticou as últimas escolhas, que foram todas ligadas ao PT. "É justo que um único partido indique quatro conselheiros consecutivos?."

O ex-parlamentar ressaltou sua trajetória na Casa, principalmente como ex-presidente, onde teve “as maiores emoções da vida”. “É uma decisão de vida. É agora ou nunca mais. Acredito muito no meu passado, na minha história e em tudo o que fiz por essa Casa.”

Apesar de concorrer com Rangel, Marcelo evidenciou o trabalho do deputado.

“Acho que esta Casa mostra mais uma vez a maturidade, que diga-se de passagem talvez pela primeira vez na história da Bahia, existe uma disputa política com toda imprensa aqui presente e não houve nenhuma crítica minha ou do deputado Paulo Rangel. Disputar com o deputado Paulo Rangel para mim é uma honra muito grande”, declarou.

A expectativa é que após a sabatina da CCJ, no período da tarde, o plenário da Casa aprecie as candidaturas através do voto secreto.

Para definição do nome, são necessários 32 votos favoráveis e quórum qualificado de maioria absoluta, conforme indicou a Alba.

No momento, a Casa realiza a sabatina com o deputado Rangel.

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Repórter cidadão

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Publicações Relacionadas

A tarde play
Com 6 votos a favor e dois contra, o relatório do deputado estadual Júnior Nascimento com a indicação de Nilo saiu favorável
Play

Cresce incômodo de Jerônimo com consórcio da Ponte Salvador-Itaparica

Com 6 votos a favor e dois contra, o relatório do deputado estadual Júnior Nascimento com a indicação de Nilo saiu favorável
Play

Jerônimo Rodrigues assina acordo de compra dos trens do VLT

Com 6 votos a favor e dois contra, o relatório do deputado estadual Júnior Nascimento com a indicação de Nilo saiu favorável
Play

Pan American Energy inaugura Complexo Eólico Novo Horizonte

Com 6 votos a favor e dois contra, o relatório do deputado estadual Júnior Nascimento com a indicação de Nilo saiu favorável
Play

Lula chega ao 2 de Julho para desfile com Jerônimo e aliados

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA