Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > política > BAHIA
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
18/12/2023 às 12:33 - há XX semanas | Autor: Lucas Franco e Eduardo Dias

DECISÃO ADIADA

Jerônimo explica indefinição em escolha de nome em Salvador

Governador conversou com a imprensa nesta segunda-feira, 18, um dia após reunião do conselho político

Segundo o governador, a indefinição do grupo na capital baiana não passa por escolhas em outros municípios
Segundo o governador, a indefinição do grupo na capital baiana não passa por escolhas em outros municípios -

Um dia após a reunião do conselho político, voltado para definir as candidaturas do governo nas principais cidades da Bahia, o governador Jerônimo Rodrigues (PT) explicou o motivo de a resolução sobre Salvador não ter saído na noite do domingo, 17, como era esperado.

Em conversa com a imprensa nesta segunda-feira, 18, durante entrega da urbanização no Condomínio das Mangueiras, em Fazenda Grande 4, Jerônimo disse que encontro do domingo foi para discutir o nome do cabeça de chapa do grupo, mas ainda sem definição de quem seria o vice.

“O que nós discutimos ontem, inicialmente, é o nome do candidato, ou da candidata. Nós não vamos nos antecipar ainda com vice e nem com chapa de vereadores e vereadoras, porque na medida que não é um nome é outro, a coordenação de forças muda. Então, se é alguém do PT, do MDB, do PCdoB, o nome já puxa por si só nomes de chapa de variadores. Então, nós vamos apresentar o nome da nossa ou do nosso candidato, e na sequência a gente fará uma reunião ou reuniões para poder montar uma chapa completa”, disse.

Segundo o governador, a indefinição do grupo na capital baiana não passa por escolhas em outros municípios, como em Vitória da Conquista. Jerônimo também comentou a ausência de membros do PV, partido que compõe a federação, na reunião do domingo.

“O PV participa. Ontem, o Ivanílson estava em uma viagem externa e não pode estar presente, mas em todas as reuniões o PV tem participado, inclusive tem dialogado muito com a federação. Já chegam, inclusive, os três partidos da federação com unidade muito tranquila de posicionamento. E não houve nenhuma entrave na escolha do nome ontem. Não teve nenhuma motivação externa, não. Foi sensibilidade para a gente poder acertar na forma. Se o nome saísse ontem, é possível que alguns partidos, eles ainda não amadureceram a decisão. Vou dar um exemplo do PT, que eu ouvi ontem, e do PC do B, por exemplo, da própria Lídice, da mata do PSB, argumentou que precisava fechar isso de forma mais tranquila dentro do partido para poder, com o nome anunciado, a gente não ter separação de alguém ficar com um ‘corpo duro’ para poder fazer a campanha”, explicou o governador.

“O próprio PT pediu esse tempo para poder dialogar com a executiva municipal, com a executiva estadual, e no caso do PT, o presidente Éden disse que tem uma reunião hoje ou amanhã com o partido nacional, porque o PT nacional também olha para Salvador. Se de repente for ou não o nome do PT, vai precisar fazer uma equalização das contas no cenário nacional”, completou.

Mais um prazo

O governador também estipulou um novo prazo para que a decisão sobre Salvador seja tomada. Segundo ele, mais uma ou duas semanas do ano é o suficiente para um consenso.

“Na medida em que eu chamei o conselho ontem, nós nos reunimos e apresentamos uma sugestão de construção para que a gente pudesse já ter esses nomes de Salvador, por exemplo, já agora. O conselho pediu um período de mais uma semana, ou duas no máximo, para que eles possam discutir internamente. Então, se nós temos quatro ou cinco nomes indicados pelos partidos aqui em Salvador, e nós escolhermos um, nós vamos ter que dialogar com os outros três, respeitando, não pela imprensa”, disse.

Jerônimo ainda comentou sobre o fato de o nome do vice-governador ter sido antecipado como possível escolha do grupo ontem.

“Ontem vocês da imprensa, alguns, adiantaram. E já tinham colocado, inclusive, quem é o nome, antes da reunião acontecer, já tinham justificado ausências do PV, do Rui. É ruim para gente isso. Acho que a responsabilidade nossa é conjunta. Eu não vou esconder nada da imprensa. Mas também não vou ficar sendo pautado nem por partidos e nem pela imprensa. Eu saberei a hora certa da gente poder construir porque isso é responsabilidade”, pontuou, destacando que a próxima reunião do conselho político deve ocorrer na próxima quinta-feira.

Assuntos relacionados

Conselho político eleições eleições 2024 Jerônimo Rodrigues Salvador

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Tags:

Conselho político eleições eleições 2024 Jerônimo Rodrigues Salvador

Cidadão Repórter

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Assuntos relacionados

Conselho político eleições eleições 2024 Jerônimo Rodrigues Salvador

Publicações Relacionadas

A tarde play
Segundo o governador, a indefinição do grupo na capital baiana não passa por escolhas em outros municípios
Play

Cresce incômodo de Jerônimo com consórcio da Ponte Salvador-Itaparica

Segundo o governador, a indefinição do grupo na capital baiana não passa por escolhas em outros municípios
Play

Jerônimo Rodrigues assina acordo de compra dos trens do VLT

Segundo o governador, a indefinição do grupo na capital baiana não passa por escolhas em outros municípios
Play

Pan American Energy inaugura Complexo Eólico Novo Horizonte

Segundo o governador, a indefinição do grupo na capital baiana não passa por escolhas em outros municípios
Play

Lula chega ao 2 de Julho para desfile com Jerônimo e aliados

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA