Lídice da Mata explica emendas de R$ 300 mil para equipamento cultural | A TARDE
Atarde > Política > Bahia

Lídice da Mata explica emendas de R$ 300 mil para equipamento cultural

Recursos foram destinados pela deputada com o foco no desenvolvimento das atividades culturais e educacionais

Publicado sexta-feira, 16 de fevereiro de 2024 às 18:18 h | Atualizado em 16/02/2024, 18:27 | Autor: Da Redação
Deputada Lídice da Mata
Deputada Lídice da Mata -

O Museu do Mar Aleixo Belov, localizado no Largo do Santo Antônio Além do Carmo, no Centro Histórico de Salvador, recebeu os recursos de duas emendas parlamentares destinadas pela deputada federal Lídice da Mata (PSB-BA), referentes aos anos de 2022 e 2023, para o incentivo ao desenvolvimento das atividades culturais e educacionais do espaço. Uma terceira emenda, relativa a 2024, também terá os recursos liberados até o final do ano.

A parlamentar baiana, que preside a Frente em Defesa da Economia Criativa da Câmara dos Deputados, explica que o museu é um dos espaços fundamentais para a cultura. baiana.

“Destinamos R$ 300 mil em emendas parlamentares, nos últimos 3 anos, a fim de incentivar um equipamento importante para a cultura e o turismo da Bahia. O Museu do Mar retrata o nosso potencial náutico e traz a experiência de um dos maiores navegadores do mundo, que é Aleixo Belov, importante divulgador internacional da nossa Baía de Todos-os-Santos. Como parlamentar e presidente da Frente em Defesa da Economia Criativa, destaco este espaço como fundamental para a nossa cultura”, afirma a deputada.

Importância 

O velejador ucraniano com nacionalidade brasileira, Aleixo Belov, que já deu cinco voltas ao mundo levando a bandeira da Bahia e do Brasil, destaca a importância de apoios como o da parlamentar baiana.

“Lídice da Mata é uma grande incentivadora do desenvolvimento da cultura, da educação e do turismo na Bahia, porque olha esses setores com sensibilidade e carinho. Por isso, só podemos agradecer esse apoio que viabiliza a manutenção do Museu do Mar, que tem atuado para a preservação da cultura e da educação sobre o mar e a navegação”, conta o velejador.

O atleta ainda acrescenta que o espaço precisa contar com outros apoiadores, como empresários e políticos que apostam na cultura e na educação como caminho para uma sociedade melhor.

Museu do Mar
Museu do Mar |  Foto: Divulgação

Museu do Mar Aleixo Belov

Situado em um casarão amarelo de três andares que mistura arquitetura clássica com moderna no Largo do Santo Antônio Além do Carmo, no Centro Histórico de Salvador, o Museu do Mar Aleixo Belov guarda relíquias adquiridas pelo comandante Aleixo Belov durante as viagens que realizou ao redor do mundo, sendo três delas em solitário no veleiro “Três Marias”. Essa embarcação, que foi construída pelo próprio comandante em 1976, no quintal da casa onde morava, é o pilar central do espaço, que funciona de terça a quinta, das 10h às 18h, com acesso permitido até as 17h, e de sexta a domingo, até o final de janeiro, de 10h às 20h, com acesso permitido até as 19h.

O ingresso para visitar o local custa R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Crianças de até 5 anos não pagam. Nas quartas, o acesso é gratuito. Mais informações podem ser acessadas no site https://museudomaraleixobelov.org.br/ ou pelo Instagram (@museudomar.aleixobelov).

Publicações relacionadas