TRF-4 e Vara de Moro sofrerão inspeção extraordinária do CNJ | A TARDE
Atarde > Política > Brasil

TRF-4 e Vara de Moro sofrerão inspeção extraordinária do CNJ

Determinação foi feita nesta terça-feira, 30

Publicado terça-feira, 30 de maio de 2023 às 11:49 h | Autor: Da Redação
Sérgio Moro foi juiz federal e ministro do governo Bolsonaro antes de se tornar senador
Sérgio Moro foi juiz federal e ministro do governo Bolsonaro antes de se tornar senador -

Por determinação do corregedor nacional de Justiça, Luis Felipe Salomão, a 13 ª Vara Federal de Curitiba e o Tribunal Regional Federal da 4a Região (TRF-4) sofrerão inspeção extraordinária do Conselho Nacional de Justiça.

Os dois órgãos ficaram conhecidos nacionalmente durante a Operação Lava Jato, quando Luiz Inácio Lula da Silva (PT), na época pré-candidato à Presidência da República, foi condenado duas vezes a até 17 anos de prisão.

O petista foi preso em 2018, solto em 2019 e teve seus direitos políticos readquiridos em 2021, voltando a ser elegível, após o STF decidir que o então juiz federal à frente da vara, Sérgio Moro, era suspeito para julgar Lula.

Moro se tornou ministro da Justiça e Segurança Pública do governo de Jair Bolsonaro (PL) em 2019, deixou o cargo em 2020 e se elegeu senador pelo Paraná em 2022. Lula se elegeu presidente no mesmo ano. Com informações da colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo.

Publicações relacionadas