Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > portal municípios > METROPOLITANA
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
04/08/2022 às 11:15 • Atualizada em 04/08/2022 às 12:13 - há XX semanas | Autor: Da Redação

Justiça determina fechamento do lixão de Catu

Justiça concluiu pela suspensão imediata do descarte ilegal dos resíduos

Ação apontou a existência de diversos danos ambientais
Ação apontou a existência de diversos danos ambientais -

O Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, a partir do recurso de entidade da defesa dos direitos sociais, determinou, nesta quarta-feira, 3, o fechamento do lixão do município de Catu, região metropolitana de Salvador.

A existência de diversos danos ambientais foi apontada na ação, que apontava ainda que o descarte de resíduos no lixão era ilegal, sendo que o pedido de liminar chegou a ser negado, porém a entidade recorreu, tendo parecer favorável do Ministério Público do Estado da Bahia, assinado pela procuradora Miria Valença Gois, que concordou com o fechamento do lixão. Em seguida o colegiado da 4ª Câmara Cível do Tribunal julgou o mérito do recurso, reformando a decisão do primeiro grau para determinar a “suspensão imediata da realização do descarte ilegal dos resíduos, nos termos do parecer ministerial”.

A relatora expressa que “o direito a um meio ambiente saudável, diante da qualidade de direito fundamental, é alvo de interesse no que diz respeito à adoção de medidas tendentes a compatibilizar o desenvolvimento econômico com a preservação ambiental, nos termos do disposto no art. 170, inciso VI, da Constituição da República de 1988, dentro da noção de desenvolvimento sustentável.”

Sendo assim, a Justiça concluiu que fosse feita a suspensão imediata a realização do descarte ilegal dos resíduos, e nos termos do parecer ministerial, em prazo razoável não superior a 90 dias, somente deposite os resíduos sólidos no aterro, após o devido Licenciamento Ambiental e, ainda, concilie técnicas de instalação, operação e destino final dos resíduos, com comprometimento ao meio ambiente e à saúde pública, tudo com supervisão e fiscalização pelo INEMA e em conformidade com a legislação e as normas técnicas adequadas.

Assuntos relacionados

aterro sanitário Catu decisão fechamento lixão tribunal de justiça

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Tags:

aterro sanitário Catu decisão fechamento lixão tribunal de justiça

Repórter cidadão

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Assuntos relacionados

aterro sanitário Catu decisão fechamento lixão tribunal de justiça

Publicações Relacionadas

A tarde play
Ação apontou a existência de diversos danos ambientais
Play

Prefeitura de Mata de São João destrói moradias em Imbassaí. Veja vídeo.

Ação apontou a existência de diversos danos ambientais
Play

Estacionamento irregular gera risco no Litoral Norte

Ação apontou a existência de diversos danos ambientais
Play

Governo do Estado entrega a 30ª escola de tempo integral do ano

Ação apontou a existência de diversos danos ambientais
Play

Vídeo: PM agride verbalmente menina de 12 anos em Camaçari

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA