Compra do Twitter por Elon Musk foi marcada por polêmicas

Anúncio da desistência da compra aconteceu por meio de carta assinada pelo seu advogado

Publicado sábado, 09 de julho de 2022 às 11:31 h | Atualizado em 09/07/2022, 11:43 | Autor: Da Redação
Elon Musk afirma que o Twitter não cumpriu com suas obrigações
Elon Musk afirma que o Twitter não cumpriu com suas obrigações -

Após os três meses do anúncio da compra do Twitter pelo bilionário Elon Musk, o empresário divulgou nesta sexta-feira, 8, sua desistência do negócio.

Embora breve, esse espaço de tempo foi um período bastante alvoroçado. O interessado na rede social, que tinha planos mirabolantes para ela, começou a fazer, por exemplo, acusações de que a plataforma divulgou dados falsos sobre contas spam e infringiu o acordo entre eles.

No meio desse intervalo também, Elon, considerado o homem mais rico do mundo, foi processado por acionistas que viam no “fogo amigo” dos seus questionamentos uma forma pra ele reduzir o valor de mercado da plataforma pela qual ele ofereceu US$ 44 bilhões.

A comunicação de Musk ao Twitter foi feita por meio de uma carta assinada pelo advogado que representa o bilionário na negociação. A carta apareceu em uma documentação enviada à SEC, órgão regulador do mercado de ações dos EUA. No documento, ele afirmou que “o Twitter não cumpriu com suas obrigações contratuais”.

Publicações relacionadas