Após morte de fã, show da Taylor Swift é adiado: "altas temperaturas" | A TARDE
Atarde > A TARDE + > Entretenimento

Após morte de fã, show da Taylor Swift é adiado: "altas temperaturas"

Prefeito do Rio afirmou que cantora não está bem devido morte de fã

Publicado sábado, 18 de novembro de 2023 às 18:15 h | Atualizado em 18/11/2023, 19:01 | Autor: Da Redação
Imagem ilustrativa da imagem Após morte de fã, show da Taylor Swift é adiado: "altas temperaturas"
-

A cantora Taylor Swift adiou o segundo show programado para o Estádio Olímpico Nilton Santos (Engenhão), no Rio de Janeiro, neste sábado, 18. A decisão, comunicada através de suas redes sociais, foi motivada pelas altas temperaturas no Rio de Janeiro. A medida foi tomada após a morte da estudante de psicologia Ana Clara Benevides, de 23 anos, durante o show na noite desta sexta-feira, 17.

De acordo com testemunhas, a jovem passou mal por causa do calor e morreu após uma parada cardiorrespiratória.

"Estou escrevendo isso de dentro do meu camarim no estádio. A decisão foi tomada de adiar o show desta noite devido às temperaturas extremas no Rio. A segurança e o bem-estar dos meus fãs, dos artistas do palco, e da minha equipe, tem que vir, e sempre virá, em primeiro lugar", publicou a cantora.

O novo agendamento da apresentação foi marcado para segunda-feira, 20.

O anúncio inicial foi realizado por meio de uma carta divulgada nos stories do Instagram da cantora, antecipando-se às redes sociais do evento. Até aproximadamente 17h30, os fãs presentes no estádio acreditavam apenas em um possível atraso no início do show.

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, confirmou a mudança através de seu perfil oficial no Twitter, informando que o evento será realizado na segunda-feira e tranquilizando os presentes quanto à organização do processo de transferência, com promessa de compensações para aqueles que não puderem comparecer.

"Primeiro, a artista parece não estar bem diante dos ocorridos de ontem. De fato, a temperatura do Engenhão está muito alta, tem muitos atendimentos médicos".

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS