Após descobrir 'golpe do Pix', Zé Eduardo presta depoimento à polícia | A TARDE
Atarde > Bahia > Salvador

Após descobrir 'golpe do Pix', Zé Eduardo presta depoimento à polícia

Jornalistas da Record TV Itapoan são investigados por suspeita de desvio de doações

Publicado quinta-feira, 06 de abril de 2023 às 08:31 h | Atualizado em 06/04/2023, 09:35 | Autor: Da Redação
Apresentador descobriu o esquema e denunciou à direção da emissora
Apresentador descobriu o esquema e denunciou à direção da emissora -

O apresentador José Eduardo, o 'Bocão', prestou depoimento à Polícia Civil na tarde desta quarta-feira, 5, sobre o 'Escândalo do Pix', que tem o repórter Marcelo Castro como um dos nomes suspeitos. O jornalista descobriu o esquema fraudulento e denunciou à direção da TV Record Itapoan. No depoimento, ele confirmou o envolvimento de dois profissionais da emissora.

Em nota, a Polícia Civil informou que a Delegacia de Repressão aos Crimes de Estelionato por Meio Eletrônico (DreofCiber) avança nas investigações. Mais de vinte pessoas, entre funcionários da emissora e possíveis vítimas, já foram ouvidas. O nome do apresentador não foi citado na nota. 

>> Zé Eduardo desabafa após escândalo do pix na Record e fala em decepção

De acordo com a Polícia Civil, "o apresentador de um noticiário policial confirmou as denúncias sobre o envolvimento de dois jornalistas nas fraudes praticadas durante arrecadações de doações para pessoas em situação de vulnerabilidade social, em apelos divulgados em um programa jornalístico daquela TV". 

Além dos suspeitos, mais de dez pessoas são investigadas no inquérito. Atividades de inteligência policial, laudos periciais e informações de outras instituições ajudam a complementar as apurações. A polícia informou que maiores detalhes não podem ser divulgados, já que a apuração encontra-se na fase de inteligência policial, “o que demanda o sigilo necessário para a realização.”

Marcelo Castro foi demitido da Record TV Itapoan, na última sexta-feira, 31. Ele estava de férias ao lado da namorada, a também repórter Daniela Mazzei, quando o escândalo veio à tona, no mês passado. Castro, conhecido popularmente como 'Juca', nega qualquer envolvimento no esquema. O editor Jamerson Oliveira também foi demitido. 

Confira nota da DreofCiber na íntegra:

"A DreofCiber avança nas investigações sobre os crimes, até então, enquadrados como estelionato virtual, ocorridos em um canal de televisão de Salvador. Mais de 20 pessoas, entre funcionários da emissora e possíveis vítimas já foram ouvidas. Entre os depoentes, o apresentador de um noticiário policial confirmou as denúncias sobre o envolvimento de dois jornalistas nas fraudes praticadas durante arrecadações de doações para pessoas em situação de vulnerabilidade social, em apelos divulgados em um programa jornalístico daquela TV. Além dos dois suspeitos, mais de 11 pessoas são investigadas no inquérito, cujas atividades de inteligência policial, laudos periciais e informações de outras instituições complementam as apurações."

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS