Evento debate situação da população de rua no Centro Histórico de Salvador

Publicado segunda-feira, 02 de setembro de 2019 às 15:30 h | Atualizado em 02/09/2019, 15:35 | Autor: Da Redação | Foto: Reprodução | Facebook

O Teatro Gregório de Mattos receberá nesta terça-feira, 3, das 14h às 18h, o evento “Conexão Centro Histórico - Fronteiras dos Direitos Humanos e da Cidadania”, que irá debater a situação da população de rua que reside no Centro Histórico da capital baiana.

De acordo com um levantamento feito pela Diretoria de Proteção Social Especial, 38% das pessoas em situação de rua atendidas na região declararam uso frequente de drogas ilícitas, sendo o crack a substância mais utilizada.

“Queremos estreitar uma linha de cooperação que nos traga ações efetivas. Durante a tarde de trabalho vamos tratar de questões pertinentes aos moradores de rua, dependentes químicos, pessoas com doença mental que peregrinam pelo Centro Histórico e problemas de pessoas que cometem delitos na região”, destaca a diretora de Gestão do Centro Histórico, Eliana Pedroso.

Irão participar da mesa de discussão a promotora do Ministério Público da Bahia e coordenadora do Centro de Apoio Operacional dos Direitos Humanos (CAODH), Márcia Teixeira, a coordenadora de Proteção aos Direitos Humanos da Defensoria Pública da Bahia, Eva Rodrigues, o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Salvador, Renildo Barbosa, e o presidente da Comissão dos Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (seção Bahia), Jerônimo Mesquita.

O evento é aberto ao público.

Publicações relacionadas