Motorista e cobrador agridem jornalista em Salvador

Vítima recebeu chutes quando já estava caído no chão e teve celular retido pelo cobrador

Publicado domingo, 17 de julho de 2022 às 14:44 h | Atualizado em 17/07/2022, 14:58 | Autor: Da Redação
A vítima sofreu lesões nos cotovelos
A vítima sofreu lesões nos cotovelos -

O jornalista Arlon Souza foi agredido por um motorista e cobrador de ônibus, que rodavam na linha 21005 (Aeroporto - Praça da Sé), na noite do último sábado, 16, em frente ao Elevador Lacerda, em Salvador. De acordo com informações da vítima, após reclamar que o rodoviário tinha passado do ponto, ele resolveu fotografar o número de identificação do veículo, para realizar uma reclamação. A atitude desagradou o cobrador, que chegou a "confiscar" o aparelho celular do passageiro por alguns instantes.

"Quando fui tirar uma foto da numeração do ônibus para fazer o registro de uma reclamação, o cobrador tomou o telefone das minhas mãos e se recusou por um bom tempo a me devolver", disse Arlon. 

Ainda de acordo com a vítima, a dupla, que trabalha na OT Trans, chegou a descer do coletivo para agredi-lo. Ao recuperar seu celular, Arlon desceu do veículo e começou a filmar tanto o ônibus quanto o rosto do motorista, que se revoltou e, acompanhado do cobrador, desceu do ônibus cobrindo o rosto e berrando: "então você está procurando problema?".

"Quando resolveu me devolver, peguei meu celular e desci do ônibus. Fui registrar em vídeo os agressores, que de imediato avançaram pra cima de mim, me derrubaram no chão e o cobrador, no momento em que eu estava caído no chão, me deu um chute nas costas", desabafou o jornalista.

A vítima sofreu lesões nos cotovelos direito e esquerdo, ocorridas no momento em que o jornalista caiu no chão. "Fui ameaçado pelo cobrador e pelo motorista, quando disse que levaria o caso à Imprensa", disse Arlon. 

Após as agressões, a vítima foi até a delegacia abrir um boletim de ocorrência e também realizou um exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML). "Compareci com meu advogado à 1ª Delegacia Territorial dos Barris, estou realizando o exame corpo delito e tomarei as devidas providências", finalizou.

Nas redes sociais, familiares e amigos lamentaram o caso e prestaram solidariedade ao jornalista.

Publicações relacionadas