Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > BAHIA
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
21/05/2024 às 11:34 • Atualizada em 21/05/2024 às 12:03 - há XX semanas | Autor: Osvaldo Barreto e Leo Moreira

Dez PMs baianos estão entre presos por fornecer armas para facções

Esquema milionário desviava armas para uma das principais organizações criminosas do estado

Megaoperação foi deflagrada na manhã desta terça
Megaoperação foi deflagrada na manhã desta terça -

Dos vinte mandados de prisão cumpridos durante a operação 'fogo amigo' deflagrada na manhã desta terça-feira, 21, na Bahia e em outros dois estados do nordeste, ao menos dez policiais militares da PMBA foram capturados sob suspeita de envolvimento no esquema milionário de fornecimento de armas para facções que atuam nos estado da Bahia, Alagoas e Pernambuco. Em Salvador, três militares foram capturados.

Segundo apurações do Portal A TARDE, entre os agentes, dois capitães da PM, um deles foi identificado como Mauro das Neves Grunfeld, ex-subcomandante da 41ª Companhia Independente da Polícia Militar. Ele foi localizado e preso em um imóvel no bairro da Graça, em Salvador.

Segundo o Tenente-Coronel da PM, Hilton Teixeira, corregedor-adjunto da PMBA, o oficial estava já afastado da função devido às investigações.

"Ele não é mais comandante da 41ª CIPM. Ele já estava lotado em outra unidade, exatamente, como já havia uma investigação em andamento, ele foi afastado daquela função que culminou hoje em sua prisão em flagrante".

Além dos policiais militares da Bahia, um agente do Corpo de Bombeiros e um policial militar de Pernambuco, empresário e CACs também estão entre os alvos localizados na megaoperação deflagrada pela Polícia Federal, GAECO Norte do MP/BA, e com o apoio da CIPE-CAATINGA, BEPI (PM/PE); CORE-Polícia Civil da Bahia; GAECO/PE; FORCE/COGER; CORREG (Polícia Militar da Bahia e de Pernambuco); e Exército Brasileiro.

"O entendimento é que todos eles estão envolvidos em desvio de armamento para as facções criminosas. Então,agora a gente quer saber qual era a liderança. A gente não vai ter essa informação tão prática para dar, porque agora vem todo o desmembramento após as prisões. Ai sim, a gente vai ter uma ideia mais clara do desenho de como é que isso funcionava", concluiu o oficial.

Prisões

10 - Policiais da PMBA

1 - Bombeiro Militar

1 - Policial Militar de Pernambuco

8 - Civis (não policiais)

Assuntos relacionados

bdm corrupção policial Facções criminosas investigação policial operação fogo amigo segurança pública Tráfico de armas

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Tags:

bdm corrupção policial Facções criminosas investigação policial operação fogo amigo segurança pública Tráfico de armas

Repórter cidadão

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Assuntos relacionados

bdm corrupção policial Facções criminosas investigação policial operação fogo amigo segurança pública Tráfico de armas

Publicações Relacionadas

A tarde play
Megaoperação foi deflagrada na manhã desta terça
Play

Grave acidente interdita BR-324 e não há previsão de liberação

Megaoperação foi deflagrada na manhã desta terça
Play

Motociclista morre e outros dois ficam feridos em acidente na BR-324

Megaoperação foi deflagrada na manhã desta terça
Play

Após ordenar execuções, lideranças de facções são 'silenciadas'

Megaoperação foi deflagrada na manhã desta terça
Play

Funcionárias de farmácia imobilizam homem suspeito de furto; VÍDEO

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA