Porteiro que viu agressão de ator é autuado por omissão de socorro | A TARDE
Atarde > Brasil

Porteiro que viu agressão de ator é autuado por omissão de socorro

Victor e sua mãe, Regina Meyniel, prestaram queixa na 12ª DP e abriram um boletim de ocorrência

Publicado segunda-feira, 04 de setembro de 2023 às 12:36 h | Atualizado em 04/09/2023, 12:45 | Autor: Da Redação
Victor Meyniel foi espancado no Rio de Janeiro
Victor Meyniel foi espancado no Rio de Janeiro -

O porteiro Gilmar José Agostino foi autuado por omissão de socorro ao ator Victor Meyniel, que foi espancado na madrugada de sábado, no Rio de Janeiro, na portaria do prédio que mora o agressor. A informação foi confirmada a Splash pela advogada Maíra Fernandes, defesa de Meyniel.

Victor e sua mãe, Regina Meyniel, prestaram queixa na 12ª DP e abriram um boletim de ocorrência. Em nota, a defesa informou que o ator foi atendido pela UPA e passou por exame de delito no Instituto Medico Legal (IML).

A Polícia Civil do Rio de Janeiro informou que o agressor, identificado como Yuri de Moura Alexandre, foi conduzido para a DP de Copacabana e autuado em flagrante pelos crimes de lesão corporal, injúria por preconceito e falsidade ideológica. 

Os agentes também analisaram as imagens das câmeras de monitoramento do prédio e realizaram "demais diligências para elucidar os fatos". Nas imagens, divulgadas pelo advogado Ricardo Brajterman, é possível ver o porteiro, Gilmar, sentado e bebendo o que seria um copo de café, enquanto Yuri desferia uma sequência de socos em Victor.

O porteiro assiste à cena sentado em uma cadeira posicionada bem ao lado de onde Victor aparece caído no chão e Yuri está sobre ele dando socos.

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS